sexta-feira, 28 de junho de 2019

"A Última Vez que a Viram" de Harlan Coben [Opinião]


A Última Vez que a Viram foi um dos primeiros livros escritos por Harlan Coben, tendo passado já vinte e quatro anos desde a sua publicação original.

É o livro que dá início à série cujo protagonista é Myron Bolitar, um ex-desportista e atualmente agente desportivo.
Já tinha lido o quarto livro da série, Tacada Mortal, cuja história decorria no mundo do golfe. Este thriller, por sua vez, tem como cenário de fundo o futebol americano.

Myron encontra-se a representar o jovem Christian Steele, o seu mais valioso atleta. Contudo, este é surpreendido quando surgem pistas de que a sua namorada, desaparecida há mais de um ano e presumivelmente morta, pode afinal estar viva.

É desta forma que Myron se envolve numa investigação em busca da verdade, de tentar perceber o que aconteceu verdadeiramente a esta família.


Neste livro, já se nota perfeitamente o estilo que o autor viria a adotar nos seus futuros trabalhos, os diálogos rápidos, a ação constante e o suspense no final dos capítulos, atraindo-nos para continuar a ler. Os livros do autor tornam-se facilmente em page-turners, de tão dinâmicos que são.

Myron Bolitar é uma das personagens mais peculiares que já encontrei nos livros do autor. É divertido, mas de um modo parvo, e há sempre situações mais caricatas a envolvê-lo.

Confesso que este livro me custou um pouco a arrancar no início, talvez porque não gosto especialmente do mundo desportivo mas, assim que me embrenhei no mistério, a leitura avançou com mais rapidez.

Embora não seja um dos melhores livros do autor, é um livro bom para quando queremos adrenalina e mistério, sem nos depararmos com demasiado sangue à mistura, como é típico dos policiais. Não deixem de experimentar os livros deste autor!

Classificação: 3/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo teu comentário e pelo tempo que dedicaste a ler o que escrevi!