quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Balanço de leituras e Top 10 - 2014

O ano chegou ao fim e estou pronta para fazer o balanço das minhas leituras. Este ano não foi muito melhor do que 2013 a nível profissional, para grande desespero meu, portanto nem sempre tive a melhor das disposições para ler.
Desafiei-me a tentar ler 50 livros e consegui ultrapassar esse valor, tal como se pode verificar no resultado do meu desafio de leitura do Goodreads!


Assim, em 2014 consegui ler 55 livros e 2 contos, menos 7 do que no ano passado. Destes, cerca de 56% foram lidos no 1º semestre do ano. O mês em que mais li foi agosto e aquele em que menos li foi setembro.
Do total de livros lidos, 18 eram os chamados calhamaços, isto é, tinham mais de 400 páginas.
O livro mais longo que li tinha 688 páginas e o mais curto tinha apenas 166 páginas.
No total, contei 18926 páginas lidas, valor que também se mostrou inferior ao do ano passado.

Este ano anotei ainda os dias que demorei a ler cada livro e posso referir que, em média, demorei aproximadamente 7 dias a ler cada livro.
A média de pontuação (1 a 5) atribuída aos livros no Goodreads foi de 3.6, valor ligeiramente inferior ao do ano passado.

No que diz respeito a géneros literários, houve uma grande predominância na leitura de romances contemporâneos, porém também se destacaram os thrillers/policiais e os livros do género fantasia. Fiz outras leituras bastante diversificadas, o que me deixou muito contente.

Conheci 32 novos autores e li predominantemente autores do sexo feminino. Além disso, li 11 autores portugueses, valor bastante superior ao do ano passado e que me deixou bastante satisfeita por cumprir o objetivo de investir mais na literatura portuguesa.

Relativamente à proveniência dos livros, 25 foram-me emprestados através do Clube BolgRing, do qual faço parte; 11 vieram da biblioteca; 7 foram adquiridos através de trocas no Winkingbooks; e os restantes foram ganhos em passatempos, comprados ou emprestados. Este ano recebi os meus dois primeiros livros provenientes de parcerias com autores.

De seguida, apresento o meu Top 10 de melhores leituras, sem ordem de preferência.


Top 10 - 2014


Resta-me desejar um excelente e próspero 2015 a todos vós; que seja um ano de conquistas profissionais e pessoais e que não vos falte saúde, amor e bons livros para ler!

Livro do Mês: Dezembro

Dezembro terminou e, antes de fazer o balanço anual, como já é costume, vou eleger o livro deste mês. Este não foi um mês de muitas leituras, mas foram todas bastante envolventes. Li 3 livros, dois thrillers e um de ficção histórica.

O livro que pretendo destacar é de um dos meus autores preferidos de thrillers - Harlan Coben.

LIVRO DO MÊS


terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Aquisições: Dezembro

O último mês do ano contou com aquisições muito boas. Fiz uma compra (que foi também a minha prenda de Natal) e, antes do mês terminar, ainda recebi três livros emprestados.

Nestes livros, estão dois autores que já conheço e outros dois que são novos para mim, portanto penso que serão leituras muito interessantes.

E para vocês, como correu o último mês do ano?

COMPRAS


EMPRÉSTIMOS



Mealheiro Literário 2014

Esta iniciativa foi proposta pelo Nuno do blogue Página a Página e, como já a vi em vários blogues, decidi também aderir. Vai ser interessante ter um maior controlo sobre os meus gastos e, principalmente, verificar o dinheiro que poupei/não gastei ao ler livros emprestados e trocados!

O meu mealheiro vai incluir todas as minhas leituras de 2014, bem como outros livros que poderei adquirir e que fiquem por ler este ano.

Este post será atualizado ao longo do ano.


Este post foi publicado em janeiro deste ano e agora mudado para dezembro, com o objetivo de analisar o balanço final.
Foi muito interessante, ao longo do ano, anotar todos os gastos que tive com livros e o dinheiro que poupei/não gastei ao ler livros da biblioteca e emprestados.

Os valores estão discriminados mais abaixo, mas vou fazer uma análise rápida. Assim, em 2014:
- Comprei 5 livros, a maior parte deles em saldos, tendo gasto 26,81€ (o que perfaz uma média aproximada de 5,36€ gastos por livro);
- Entre livros recebidos (inclui presentes, passatempos e trocas) e emprestados (inclui requisições na biblioteca e empréstimos de amigos), contei 80 livros, perfazendo um total de 1.135,65€ que poupei, ou mais especificamente, que não gastei;
- Tive alguns gastos a enviar livros por correio (os emprestados e os que troquei) e a pagar portes de envio de livros que adquiri, o que perfaz um total de 59,24€ gastos nos correios.

Em conclusão, em 2014 gastei um total de 86,05€ e poupei/não gastei um total de 1.135,65€, o que dá um balanço extremamente positivo.

COMPRAS: 5
Valor gasto: 26,81€

LIVROS RECEBIDOS: 40
Valor Poupado: 567,72€
(aqui incluo os livros que recebi como presente, que ganhei em passatempos e que vieram de trocas)

LIVROS EMPRESTADOS: 40
Valor Poupado: 567,93€
(aqui incluo os livros que trago da biblioteca e que peço emprestados)

COMPRAS EM ANOS ANTERIORES: 3
Valor Gasto: 26,70€

LIVROS ENVIADOS POR CORREIO: 43
Valor Gasto: 39,96€

LIVROS EM QUE PAGUEI PORTES DE ENVIO: 12
Valor Gasto: 19,28€

TOTAL GASTO EM 2014:
86,05€
(este valor inclui os livros comprados + os livros enviados por correio) 

POUPEI EM 2014:
1.135,65€
(este valor inclui os livros recebidos + os livros emprestados)

LI EM 2014: 55 LIVROS + 2 CONTOS

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

"Gosta de Música, Gosta de Dançar" de Mary Higgins Clark [Opinião]

Gosta de Música, Gosta de Dançar é já o quinto thriller que leio desta autora e o único que li este ano. Creio que ainda tenho cá em casa outros dois livros a aguardar a sua vez.

Neste livro começamos por ter um vislumbre do assassino, que atrai as suas vítimas, todas mulheres, calça-lhes sapatos de dança e mata-as em seguida, deixando num dos pés um sapato de dança e no outro o sapato que cada uma delas trazia calçado.
Em seguida, conhecemos Erin e Darcy, duas amigas que, por brincadeira, decidem ajudar uma outra amiga nas pesquisas para um documentário acerca do tipo de pessoas que colocam e respondem a anúncios pessoais. Tudo parecia muito divertido e inofensivo, até Erin desaparecer e, dias depois, ser encontrada morta, com um sapato de dança num dos seus pés.
Darcy, sentindo-se culpada pela morte da amiga, decide que não descansará até ser encontrado o assassino. O que ela não sabe é que ele já a escolheu como a sua próxima vítima.

Tal como tem vindo a acontecer noutros livros da autora, nos primeiros capítulos somos apresentados a uma grande variedade de personagens, o que pode tornar a leitura um bocadinho confusa antes de nos familiarizarmos com cada personagem. À medida que o livro avança, começam a surgir as ligações entre as personagens e a trama mostra-se mais intensa.

Penso que nesta história não consegui sentir uma empatia tão grande pelas personagens, faltou qualquer coisa para elas me prenderem mais.

No entanto, o mistério de descobrir o assassino despertou-me imensa curiosidade. A autora consegue fazer-nos suspeitar da maior parte das personagens e o facto disto envolver anúncios pessoais e encontros com pessoas desconhecidas, tornou tudo um pouco mais assustador.

No geral, apesar de não ter achado o livro fascinante, a verdade é que não me desiludiu e proporcionou-me umas boas horas de leitura. Recomendo esta história a quem apreciar thrillers e for fã de Mary Higgins Clark.

Classificação: 3/5 estrelas

Desafio Novos Autores 2015


Em 2015 vou voltar a participar no Desafio Novos Autores promovido pelo blog Literary Escapism. A ideia do desafio consiste em descobrir novos autores que nunca tenhamos lido, não necessariamente novos autores no mercado.

Podemos escolher entre 15, 25 ou 50 novos autores.
Sendo assim, este ano vou desafiar-me a ler 15 novos autores e, se conseguir ultrapassar este número, ficarei muito contente.
Podem consultar aqui as regras do desafio e fazer a vossa inscrição.

Boas leituras para todos!

domingo, 28 de dezembro de 2014

Desafio Português no Feminino 2015


Em 2015 vou aderir ao desafio Português no Feminino, da autoria da Silvana e da Marta.

O desafio consiste em ler, por mês, um livro de uma escritora portuguesa. O ideal seria ler uma autora diferente por cada mês mas, caso não seja possível, pode-se repetir a leitura de uma autora.

Para além da leitura, a Silvana e a Marta vão ainda divulgar o trabalho de cada escritora, seja através de entrevistas ou informações sobre a autora escolhida em cada mês.

Todos os meses, será registado nesta tabela o livro/conto escolhido e a respetiva autora.


Caso queiram aderir a este desafio, passem pelos blogues da Silvana e da Marta e demonstrem a vossa vontade em participar!

sábado, 27 de dezembro de 2014

Desafio Círculo de Trocas 2014 [Balanço Final]

O desafio Círculo de Trocas foi criado por mim; podem ler toda a explicação neste post.

Tal como podem verificar na imagem, realizei três trocas e li os três primeiros livros. Como não li ainda o livro número 4, não o posso trocar, portanto o desafio ficou interrompido.

Livro 1. Linger - Um Amor Adiado [Maggie Stiefvater]
Livro 2. Êxtase Mortal [J. D. Robb]
Livro 3. Espero por ti em Paris [Diana Mendonça e David Marle]
Livro 4. Almas Cinzentas [Phillipe Claudel]

Em jeito de balanço, o desafio não correu tão bem como eu esperava e deparei-me com algumas dificuldades em trocar os livros. Ainda não decidi se irei repetir o desafio em 2015, mas acredito que é bastante interessante para quem gosta de realizar trocas.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

"A Sombra de um Passado" de Carina Rosa [Divulgação]

Há dias, quando recebi o livro da Silvana, do nosso projeto Empréstimo Surpresa, recebi também um postal do novo livro da Carina Rosa. Vinha autografado pela autora e agradeço à Silvana por se ter lembrado de mim e me ter feito esta surpresa, assim como agradeço à Carina as palavras simpáticas.


O livro está disponível na Coolbooks e podem ler um excerto e comprá-lo aqui.

Sinopse

Conseguirá o verdadeiro amor apagar uma grande paixão?

Clara e Santiago vivem um casamento feliz e juntos planeiam construir um palácio de sonho para viverem com a filha Carolina. Mas quando, numa concentração de motas, Clara reencontra o homem que quase destruiu a sua vida, o passado mistura-se com o presente e a sua felicidade ao lado de Santiago é ameaçada. Hugo regressa após dez anos na prisão e Clara sabe que ele quererá vingança por ter sido abandonado e por tudo o que ela construiu na sua ausência. As inseguranças da menina inocente que foi um dia regressam e, com elas, a culpa e o sentimento doentio que nutriu em tempos por Hugo.

Uma história de amor, de sonhos e de perdas que nos leva ao mundo do crime, das drogas e da discriminação racial. Um tributo à família, aos que amam e sabem amar-se e à felicidade nas pequenas coisas. 

A autora

Carina Rosa nasceu em Lisboa em 1986 e vive no Algarve. Passou grande parte da sua vida num ginásio e depois de ter integrado, como atleta, nas épocas de 2002-2004, a Selecção Nacional de Trampolins e Desportos Acrobáticos, participando em várias competições internacionais, descobriu na escrita uma outra paixão. Licenciou-se em Ciências da Comunicação pela Universidade do Algarve e trabalhou em jornalismo de imprensa, na rádio e televisão online. No entanto, a ginástica foi sempre a sua casa e é trabalhando com classes de formação gímnica que passa os seus dias, como técnica de Ginástica Acrobática. Considera-se uma apaixonada pelas artes e pela cultura, no geral, estabelecendo uma relação muito próxima entre a música, a dança e as letras. A escrita é uma paixão que tomou forma em 2012, ao publicar o seu primeiro romance O Intruso. Desde então tem-se dedicado a escrever diversos romances, uns mais leves, outros com um carácter mais denso, entre histórias contemporâneas e policiais, os seus géneros favoritos. Gosta de abordar as diversas relações com um balanço entre o realismo e o drama. Em 2013, deu a conhecer aos leitores As Gotas de um Beijo. De momento, está a trabalhar num romance policial. A Sombra de um Passado é a sua terceira obra publicada.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Mensagem de Natal


A todos os meus leitores desejo um Feliz Natal na companhia daqueles que mais vos são próximos. Espero que a alegria e a magia do Natal possam contagiar todos os dias do novo ano, enchendo os vossos corações de esperança e força para a concretização dos vossos projetos pessoais e profissionais.

Aqui ficam os meus votos de um Próspero 2015 para todos!

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Desafio Novos Autores 2014 [Balanço Final]


Este desafio foi proposto pelo blog Literary Escapism e consistia em ler novos autores, ou seja, autores que nunca tenhamos lido e não necessariamente novos autores no mercado.

O meu objetivo era ler 25 novos autores e cumpri o desafio!
Conheci imensos novos autores, entre eles alguns portugueses, tais como Carina Rosa, Laura Karvell, Joana Miguel Ferreira, Manuel Alves, Diana Mendonça, David Marle, Ana C. Nunes, Joel G. Gomes, Ana Gil Campos e L. C. Lavado.

Em baixo, podem conferir os autores, livros (ou contos) e links para as respetivas opiniões.

1. Ruth Cardello - Apaixonada por um Milionário
2. Annie Murray - As Meninas dos Chocolates
3. P. B. Kerr - A Aventura de Akhenaton
4. Darynda Jones - Primeira Campa à Direita
5. Katherine Webb - A Herança
6. J. D. Robb - Nudez Mortal
7. Carina Rosa - O Intruso
8. Michelle Jackson - Um Beijo em Havana
9. Neil Gaiman - A Estranha Vida de Nobody Owens
10. Laura Karvell - Acredita e Vencerás
11. Ally Condie - União
12. Ray Bradbury - Algo Maligno Vem Aí
13. Grace McCleen - A Menina Que Fazia Nevar
14. Marie Lu - Legend
15. Ranson Riggs - O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares
16. Joana Miguel Ferreira - Shadow - O Confronto
17. George D. Shuman - 18 Segundos
18. Abbie Taylor - Num Breve Fechar de Olhos
19. Luanne Rice e Joseph Monninger - Tua para Sempre
20. Karin Slaughter - Tríptico
21. Manuel Alves - Lili [Conto Infantil]
22. Diana Mendonça e David Marle - Espero por ti em Paris
23. Karen Kingsbury - Cartas da Nossa Paixão
24. Jennifer Armentrout - Espero por Ti
25. Ana C.Nunes - A Última Ceia - Um Conto de Terror Natalício
26. Joel G. Gomes - A Imagem
27. Paullina Simons - O Grande Amor da Minha Vida
28. Ana Gil Campos - A Segunda Pele da Acácia Mimosa
29. L. C. Lavado - Inverso
30. James Dashner - Maze Runner: Correr ou Morrer

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Desafio Livros da Biblioteca 2014 [Balanço Final]

 

Este ano propus-me a ler livros da biblioteca pública da minha cidade - desafio do blog Book Dragon's Lair. Pensava eu que seria um desafio fácil de cumprir, pois utilizo frequentemente a biblioteca, porém não consegui atingir o nível a que me propus.

O meu objetivo era o nível middle grades que consistia em ler 18 livros. Não cumpri o desafio; este ano li apenas 11 livros da biblioteca. Aqui ficam os respetivos títulos e links para as opiniões:

1. A Aventura de Akhenaton [P. B. Kerr]
2. A Herança [Katherine Webb]
3. Nudez Mortal [J. D. Robb]
4. A Estranha Vida de Nobody Owens [Neil Gaiman]
5. Glória Mortal [J. D. Robb]
6. Fama Mortal [J. D. Robb]
7. A Djinn Azul da Babilónia [P. B. Kerr]
8. A Menina Que Fazia Nevar [Grace McCleen]
9. A Criança Que Não Queria Falar [Torey Hayden]
10. Vozes Silenciosas [Torey Hayden]
11. Seis Anos Depois [Harlan Coben]

domingo, 21 de dezembro de 2014

2014 - Desafio 5x5 [Balanço Final]

Os próximos dias serão dedicados aos desafios literários. Irei fazer o balanço dos desafios a que me propus este ano e irei igualmente mostrar-vos os desafios que pretendo realizar no próximo ano. 

O Desafio 5x5 foi totalmente criado por mim e realizei-o pelo segundo ano consecutivo, alterando as categorias. Se em 2013 o resultado não foi satisfatório para mim, em 2014 foi perfeito, tendo conseguido cumpri-lo a 100%.
Ora vejamos as categorias e os livros que li em cada uma delas:


- Ler 5 livros do género policial (lidos 5/5)
Vidas Trocadas [Sandra Brown]
18 Segundos [George D. Shuman]
Tríptico [Karin Slaughter]
Conspiração Mortal [J. D. Robb]
O Último Fôlego [George D. Shuman]

- Ler 5 livros de autores masculinos (lidos 5/5)
A Aventura de Akhenaton [P. B. Kerr]
A Culpa é das Estrelas [John Green]
A Estranha Vida de Nobody Owens [Neil Gaiman]
O Lar da Senhora Peregrine para Crianças Peculiares [Ransom Riggs]
Senhor Monstro [Dan Wells]

- Ler 5 livros da minha estante (lidos 5/5)
Linger - Um Amor Adiado [Maggie Stiefvater]
Um Beijo em Havana [Michelle Jackson]
Uma Vida ao Teu Lado [Nicholas Sparks]
Shadow - O Confronto [Joana Miguel Ferreira]
Êxtase Mortal [J. D. Robb]

- Ler 5 livros publicados em 2014 (lidos 5/5)
Acredita e Vencerás [Laura Karvell]
A Menina Que Fazia Nevar [Grace McCleen]
Legend [Marie Lu]
A Grande Revelação [Julia Quinn]
Espero por Ti [Jennifer Armentrout]

- Ler 5 livros cuja data de publicação é anterior a 2000 (lidos 5/5)
Nudez Mortal [J. D. Robb] - publicado originalmente em 1995
Glória Mortal [J. D. Robb]  - publicado originalmente em 1995
Fama Mortal [J. D. Robb] - publicado originalmente em 1996
Algo Maligno Vem Aí [Ray Bradbury] - primeira publicação em 1962
A Criança Que Não Queria Falar [Torey Hayden] - publicado originalmente em 1980

Fiquei extremamente feliz por ter conseguido cumprir o desafio! Não vou repeti-lo no próximo ano  ano dado que pretendo aderir a desafios diferentes, mas é um desafio que pode ser constantemente renovado com novas categorias.
Se quiserem experimentá-lo em 2015, estejam à vontade!

sábado, 20 de dezembro de 2014

Projeto Conjunto | Empréstimo Surpresa [Livro Recebido]


Esta semana recebi o primeiro livro surpresa deste projeto que estou a partilhar com a Silvana. Estava muito curiosa por saber que livro ela me teria enviado e adorei a escolha dela.

Cá está o livro que recebi, juntamente com o envelope que contém as perguntas para o desafio e que só irei abrir quando terminar a leitura.


Espero que seja uma história cativante e envolvente. Para lerem os motivos que levaram a Silvana a enviar-me este livro, basta clicarem aqui.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Palavras Sentidas


"Plantar uma flor é como abrir um livro, porque em ambos os casos estamos a começar qualquer coisa. E o nosso jardim é a nossa biblioteca."

A Dália Azul
Nora Roberts

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

"Seis Anos Depois" de Harlan Coben [Opinião]


Uma vida construída sobre mentiras.
Uma verdade capaz de matar.

Harlan Coben é um daqueles autores que, de vez em quando, gosto de ler, e vou estando sempre atenta a novas obras publicadas.

Do autor, já li Desaparecido para Sempre, Morte no Bosque, Tacada Mortal e A Verdade nos Olhos, e apesar de ter em casa dois livros dele ainda por ler, não resisti a trazer da biblioteca este Seis Anos Depois, publicado em Portugal no início deste ano.

Seis Anos Depois conta a história de Jake Fisher, que viu a mulher que amava - Natalie - casar com outro homem. Durante seis anos ele cumpriu a promessa de não a procurar nem a contactar. Contudo, passados seis anos, ele encontra por acaso o obituário do marido de Natalie e não resiste a ir ao seu funeral, com esperança de poder ver mais uma vez a mulher que ainda ama. Mas a viúva não é Natalie, o que deixa Jake desnorteado. Assim, ele inicia uma procura por Natalie e cedo se apercebe de que anda mais gente à procura dela e que descobrir a verdade pode ser mais perigoso do que imaginava.

Quem já conhece Harlan Coben sabe que os seus thrillers são verdadeiramente impossíveis de largar e este não foi exceção. Com uma escrita fluida, pouco descritiva e contendo grandes doses de humor e sarcasmo, Harlan Coben conquista o leitor logo desde os primeiros capítulos.

Esta história mistura romance com mistério, investigações, perseguições e muito perigo. A trama encontra-se muito bem construída, dá imensas voltas e nem tudo é o que parece. O autor deixa-nos a questionar tudo, o que será ou não verdade, e até a própria sanidade mental do nosso protagonista.

O facto da história ser narrada na primeira pessoa fez-me gostar ainda mais do Jake, um coração mole e um romântico incurável que continua apaixonado por Natalie e não desiste de a procurar!

De certa forma, ler este livro é como ler uma história de amor em forma de thriller; em vez das borboletas na barriga, somos conquistados pelo suspense e pela adrenalina.
Harlan Coben é um dos meus escritores preferidos de thrillers e este livro foi um dos que mais gostei até agora. Sem dúvida que recomendo a sua leitura aos apreciadores do género.

Classificação: 4/5 estrelas

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

"O Mundo Invisível" de Katherine Webb [Opinião]

Depois de ler, no início deste ano, A Herança, fiquei desejosa de voltar a ler algo da autora, e finalmente deu-se essa oportunidade com este livro que me foi emprestado.

Ao contrário do que sucede no romance A Herança, em que a história decorre numa mansão antiga que esconde segredos de família e passados dramáticos, neste livro não temos uma mansão antiga mas antes um soldado morto que é encontrado e cuja identidade é desconhecida.
Leah é uma jornalista incansável a quem é dada a missão de decifrar as duas enigmáticas cartas encontradas juntamente com o soldado e, assim, desvendar um quebra-cabeças assombroso.

Paralelamente à investigação de Leah, recuamos cem anos no passado, até ao verão quente de 1911, onde dois novos e improváveis elementos chegam à pacata aldeia de Cold Ash Holt.
Cat Morley vem de Londres para ser a nova criada do reverendo Albert Canning e da sua esposa Hester. Cat é uma jovem rebelde e ousada, incapaz de esconder um passado doloroso.
O segundo elemento é o magnético Robin Durrant, um jovem atraente e carismático, mas que também se transformará numa perigosa obsessão.

A narrativa deste livro é semelhante à do anterior: o início é lento e há muitas partes descritivas, o que pode desencorajar os leitores mais ávidos por acontecimentos rápidos. No entanto, a história vai surgindo e vai-nos cativando aos poucos, vai-nos deixando cada vez mais curiosos por descobrir a identidade do soldado desconhecido.

As personagens são muito peculiares: Hester é uma mulher ingénua e que deseja ter um filho; por outro lado, o seu marido, o reverendo, começa a interessar-se pela teosofia e a tornar-se cada vez mais obcecado por Robin Durrant.
Cat é, na minha opinião, a personagem mais interessante. Apesar de ser uma criada, não se conforma com o seu destino e torna-se rebelde, lutando para que as mulheres da sua condição possam ser livres e conquistar outros direitos.

Não sei o que me fez não gostar tanto desta história como gostei da anterior. Adorei o mistério em torno do soldado, a investigação de Leah e a forma como a história terminou. No entanto, algures pelo meio, senti que ela avançava muito devagar e que nem sempre as personagens me cativavam.
Contudo, o final valeu a pena e foi desvendado com muita mestria por parte da autora, que manteve o suspense o máximo de tempo que conseguiu. Claro que alguns acontecimentos foram um pouquinho previsíveis e eu tive algumas suspeitas acertadas, mas ainda assim a autora conseguiu surpreender-me!

Em conclusão, o balanço foi bastante positivo, embora tenha preferido A Herança, mas não deixo de recomendar esta história aos fãs do género. Pela parte que me toca, tenciono continuar atenta às obras de Katherine Webb

Classificação: 3/5 estrelas

domingo, 7 de dezembro de 2014

TAG: Fall Time Cozy Time

Vi esta tag em vários blogues e, apesar de me ter atrasado a responder, ainda não terminou o Outono, portanto aqui ficam as minhas respostas:

Folhas estaladiças: O mundo está cheio de cor!!!
Escolhe um livro que tenha vermelhos, laranjas ou amarelos na capa.


Um livro que ainda não li mas que já está cá em casa a aguardar a sua vez!

Camisola confortável: Finalmente está frio o suficiente para usar roupa quentinha e confortável.
Que livro te transmite conforto?


Qualquer livro desta autora me transmite conforto; são leituras agradáveis, ternurentas e deliciosamente divertidas!

Tempestade de Outono: O vento sopra e a chuva martela.
Escolhe o teu livro preferido ou género para leres num dia de tempestade.


Em dias chuvosos, nada melhor do que um livro de leitura compulsiva, com personagens envolventes e uma história que não desejamos largar.

Corrente de Ar: Qual é a personagem mais cool com que gostavas de trocar de lugar?


Adorava trocar de lugar com a Ivana e poder conhecer o fantástico Gabriel!

Poncha: Que livro sobrestimado gostarias que fosse o próximo grande sucesso?


Lembro-me de ter adorado este livro, na altura em que o li, já há vários anos. Infelizmente, não é (ou não foi) tão popular como eu gostaria que fosse.

Casaco, cachecol e luvas: O tempo ficou frio, é tempo de nos protegermos.
Qual é a capa mais embaraçosa que tens, e que gostas de manter escondida em público?

Dos livros que tenho em casa, não tenho nenhum cuja capa considere embaraçosa.

Abóbora picante: Qual é a tua comida preferida de outono?

Gosto imenso de castanhas assadas, mas infelizmente as que comi este ano não eram nada boas. Também adoro pão torradinho no forno com manteiga.

Lareira quentinha e confortável: Espalha o calor.
A quem passas a tag?

A todos os que a acharem interessante e que queiram responder.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

"O Cavalheiro Inglês" de Carla M. Soares [Divulgação]

Título: O Cavalheiro Inglês
Autora: Carla M. Soares
Edição: 2014
Editor: Marcador Editora
Páginas: 400
ISBN: 9789897541254

Disponível nas livrarias

Sinopse
PORTUGAL. 1892. Na sequência do Ultimato inglês e da crise económica na Europa e em Portugal, os governos sucedem-se, os grupos republicanos e anarquistas crescem em número e importância e em Portugal já se vislumbra a decadência da nobreza e o fim da monarquia.

Os ingleses que ainda permanecem em Portugal não são amados. O visconde Silva Andrade está falido, em resultado de maus investimentos em África e no Brasil, e necessita com urgência de casar a sua filha, para garantir o investimento na sua fábrica.

Uma história empolgante que nos transporta para Portugal na transição do século XIX para o século XX numa narrativa recheada de momentos históricos e encadeada com as emoções e a vida de uma família portuguesa.

NO SEIO DE UMA FAMÍLIA, HÁ CORAÇÕES QUE SE AGITAM ENTRE O CURSO DA HISTÓRIA E O IRRESISTÍVEL PERFUME DOS LIVROS.

A autora

Carla M. Soares nasceu em Moçâmedes em 1971. Formou-se em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras de Lisboa e tornou-se professora. Tem um mestrado em Estudos Americanos. A tese de doutoramento em História da Arte, começada na Faculdade onde se formou, aguarda dias mais tranquilos para uma conclusão cuidada. Publicou em 2012 o romance de época Alma Rebelde, com a Porto Editora, e embarcou em 2014 na aventura digital, publicando o romance A Chama ao Vento, com a Coolbooks.

Palavras Sentidas


"Poderá haver alguma coisa mais difícil do que isto? A falta que sinto de ti é uma dor física que toma conta de mim logo de manhãzinha e não me larga nem quando solto  o último suspiro antes de adormecer."

O Grande Amor da Minha Vida
Paullina Simons

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Livro do Mês: Novembro

Novembro terminou e agora chegou o momento de fazer o balanço das minhas leituras. Não foi um mês de muitas leituras, porém os 3 livros que li revelaram-se autênticas surpresas, de uma forma ou de outra. Como se costuma dizer, foram poucos mas bons.
Os livros que li inserem-se nos géneros de romance contemporâneo, fantasia urbana e ficção científica (distopia).

Este mês desejo destacar uma história linda e ternurenta que adorei, escrita por uma autora portuguesa com imenso potencial!

LIVRO DO MÊS


segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

"A Dália Azul" de Nora Roberts [Opinião]

A Dália Azul é o primeiro volume da trilogia No Jardim, da autoria de Nora Roberts, autora que dispensa apresentação.

Esta série decorre em torno de uma casa mergulhada em história e de um próspero negócio de jardinagem, onde três mulheres vão desenterrar as memórias do passado e descobrir um segredo avassalador.
A Dália Azul apresenta-nos a história da primeira dessas mulheres - Stella Rothchild - que perdeu precocemente o seu marido e agora, juntamente com os seus dois filhos pequenos, regressa às suas raízes e a uma nova vida na Harper House, onde encontra um emprego no centro de jardinagem. Ao mesmo tempo, sente uma forte atração pelo paisagista Logan Kitridge, mas há alguém naquela casa que não está contente com o romance e tudo fará para o destruir.

Esta é uma história contemporânea com um toque de sobrenatural, dado que existe um fantasma na mansão Harper que vai complicar imenso o romance entre Stella e Logan. Claro que eles não precisavam de nenhum fantasma para que a sua relação fosse complicada, isto porque Stella é uma mulher muito organizada, que planeia tudo ao pormenor, enquanto Logan é a desorganização em pessoa. Mais diferentes não poderiam ser!

Estas duas personagens deliciaram-me ao longo da história; inicialmente embirraram um com o outro e passavam o tempo a discutir e a autora escreveu as cenas tão bem que era possível sentir ali a faísca e a irritação que sentiam. Senti-me solidária com a Stella, pois também eu gosto imenso de ter tudo organizado e bem planeado.

O livro não se encontra centrado apenas em Logan e Stella; também conhecemos bastante bem a Rosalind Harper e a jovem Hayley (que serão protagonistas dos próximos volumes), bem como o filho de Rosalind, os dois filhotes de Stella e o fantástico David.

As partes relativas à jardinagem, às plantas e ao negócio não me aborreceram minimamente; pelo contrário, até gostei imenso de ler e perceber como se gere um negócio deste género.

É um livro repleto de personagens e de momentos que me aqueceram o coração. A autora tanto me fazia rir às gargalhadas, como no momento seguinte me deixava de lágrima no canto do olho. Compreendo a razão por que Nora Roberts é tão acarinhada, principalmente pelo público feminino. Ela escreve histórias realmente fantásticas!

Este primeiro volume desvenda apenas um pouco da história do fantasma, pelo que estou mesmo ansiosa por prosseguir a leitura.
Quanto a vocês, se são fãs da autora e ainda não leram esta trilogia, então não percam mais tempo. Prometo que este primeiro volume não vos vai desiludir!

Classificação: 4/5 estrelas

domingo, 30 de novembro de 2014

Aquisições: Novembro

O mês de novembro contou com apenas duas aquisições de livros: um resultou de uma troca no Winkingbooks e o outro foi requisitado na biblioteca.
Apesar da pouca movimentação de livros este mês, fiquei muito contente pois já li anteriormente ambos os autores e sei que me vão proporcionar boas histórias.

E o vosso mês, como foi em termos de aquisição de livros?

WINKINGBOOKS


BIBLIOTECA

sábado, 29 de novembro de 2014

"O Outro Lado de Amar" de Catarina Ferreira [Divulgação]

Título: O Outro Lado de Amar
Autora: Catarina Ferreira
Edição: 2014
Editor: Edição de Autor - Escrytos
ISBN: 9789899910904
Preço: 1,99€

Sinopse
Vale a pena lutar quando o amor é verdadeiro!

A vida de Lídia é perfeita. Frequenta o curso que sempre sonhou, vive com a sua melhor amiga e namora com o seu grande amor. O que poderia correr mal? A distância.

Com a partida de Guilherme para Lisboa, Lídia tem de enfrentar novos e antigos receios. Os pesadelos do passado voltam para assombrar os seus dias. Lídia consegue arranjar uma maneira para não sofrer. Mas o seu namorado e amigos não fazem parte do plano.

Com a sua vida em mudança constante, terá de fazer escolhas e lutar pelo seu verdadeiro amor. O calmo e organizado Guilherme ou Romeo, rebelde e prático que vive a vida ao limite? Lídia entra num mundo repleto de aventuras e desafios. Qual caminho será o mais acertado?

Disponível em e-book nas seguintes lojas online:

LeyaOnline, Amazon, Apple Store, Barnes & Noble, Fnac.pt, Gato Sabido, IBA, Kobo, Livraria Cultura, Submarino, Wook, GooglePlay, Bertrand, entre outras.

A autora

Sonhadora. Tímida. Amante de caminhos diferentes. A tentar vincar no mundo da literatura, tentando fazer a rir e chorar de emoção ao ler apenas umas quantas frases sobre histórias de outras pessoas. Autora de Amor Ingénuo, publicado em 2013.

Website  -  Facebook  -  Goodreads  -  Amazon

Twitter: @catarinasf07

E-mail: catarinasf07@gmail.com

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Booking Through Thursday | Quantidade


QUANTIDADE

Quanto lês, ao certo? Poucos de nós arranjamos tanto tempo para ler quanto gostaríamos, mas fazêmo-lo o máximo que conseguimos, portanto... Quantos livros lês? Quantas horas por dia?

Este tema é um pouco complicado de responder porque, na verdade, eu não costumo contabilizar o tempo que passo a ler.

Concordo que não tenho tanto tempo para ler como gostaria, mas aproveito todos os momentos livres para o fazer. A quantidade de livros que leio depende muito, não apenas do tempo disponível, como também da vontade de ler. Por muito que eu adore ler, há alturas em que simplesmente não me apetece, e isto tanto pode durar um dia como uma ou várias semanas. Penso que é algo normal e que acontece com todos os leitores.

Quanto aos livros que leio, por exemplo num mês, o número também depende. Já tive meses bons em que li mais de dez livros e meses menos bons em que li dois ou três.
Tal como referi acima, não contabilizo o tempo que passo a ler; simplesmente pego no livro quando tenho oportunidade e tento desfrutar ao máximo da leitura.

E quanto a vocês, contam o vosso tempo de leitura? E quantos livros conseguem ler por mês?

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

"Maze Runner: Correr ou Morrer" de James Dashner [Opinião]

Este livro acompanhou-me durante vários dias, nas viagens de comboio, e confesso que havia momentos em que eu desejava que o comboio continuasse a andar, para eu não ter de sair na minha estação e, com isso, interromper a leitura.

Maze Runner: Correr ou Morrer é o livro que inicia uma trilogia que rapidamente me cativou.
Thomas é um jovem que acorda numa caixa, um elevador em movimento; quando este para, Thomas é recebido por um grupo de jovens, todos rapazes, que o saúdam e lhe dão as boas-vindas à Clareira. Explicam-lhe que lugar é aquele, quais são as suas regras e como está organizado, tendo cada jovem a sua função.
Aos poucos, Thomas vai-se apercebendo que a Clareira está rodeada por um enorme labirinto, onde ninguém se atreve a permanecer durante a noite. Para piorar a situação, Thomas não se lembra de nada do seu passado; tal como todos os outros, apenas se lembra do seu nome.
No fim do seu primeiro dia na Clareira, tudo fica ainda mais estranho com a chegada da primeira rapariga do grupo, que traz uma mensagem que alterará todas as regras do jogo.

Este livro desenrola-se com momentos de ação crescente. A par dos capítulos pequenos, a escrita é muito fluida, transformando a leitura num prazer viciante. Quando as personagens correm, nós também corremos, mas com os olhos, na tentativa de os acompanharmos e desvendarmos rapidamente todos os mistérios.

O enredo desta história é muito misterioso e empolgante. Tal como os jovens fechados na Clareira, também o leitor deseja saber que lugar é aquele, quem os colocou ali, qual o significado do labirinto, se existe realmente uma saída, entre muitas outras questões.

As personagens, apesar de serem adolescentes, são cativantes, responsáveis, corajosas e com maturidade. Um aspeto que estranhei no início foi a linguagem usada pelos habitantes da Clareira, com expressões e palavras esquisitas, mas à qual rapidamente me adaptei.

Sem dúvida que este livro me deixou em pulgas para ler os seguintes; já pedi emprestado o segundo volume e vou poder lê-lo muito em breve!

Esta é uma leitura que recomendo aos fãs de livros juvenis e distopias. Embora não tenha achado a história tão excelente como Os Jogos da Fome, gostei muito e acredito que possa cativar imensos leitores, tal como já cativou até ao momento. Fico também ansiosa por ver o filme já adaptado deste primeiro livro.

Classificação: 4/5 estrelas

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Projeto Conjunto | Empréstimo Surpresa [Os motivos]


Já vos dei a conhecer neste post o projeto conjunto que eu e a Silvana criamos para nos surpreendermos uma à outra e partilharmos livros.

Hoje ela recebeu o primeiro livro surpresa que eu lhe enviei. Cá está o livro que eu escolhi:


E agora os motivos por que escolhi este livro: para começar, devido ao tempo limitado da Silvana para se dedicar às leituras, optei por um livro que não lhe roubasse muito tempo. Tudo bem que é um clássico e possivelmente nem toda a gente o acha fácil de ler, mas eu já o li diversas vezes e não acho a leitura nada difícil. O facto de ser uma peça de teatro torna a leitura bastante interessante, na minha opinião.

Esta é uma história que eu adoro e, de vez em quando, lá pego no livro para o reler. É uma história linda e trágica e acho que toda a gente a devia ler. Assim, achei que uma leitora apaixonada como a Silvana devia ter pelo menos uma experiência com Shakespeare.

Desejo-te uma boa leitura, Silvana, e fico à espera para ver as respostas que darás ao desafio que enviei junto com o livro!

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Palavras Sentidas


"O amor não lhe tinha surgido como um raio do céu. Começara com um sorriso, uma palavra, um olhar provocante. Cada segundo que havia passado na presença dela fizera esse amor crescer, até chegar a este momento, e de repente ele soube.
Amava-a."

A Grande Revelação
Julia Quinn

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Participação na rubrica "Viciados na Leitura"

A convite da Jessie, do blog Fofocas Literárias, participei na sua rubrica Viciados na Leitura. Podem ver as minhas respostas neste link.


Muito obrigada pelo convite; gostei imenso de responder à entrevista!

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

"Inverso" de L. C. Lavado [Opinião]

Há já algum tempo que tinha curiosidade em ler algum trabalho da Liliana Lavado e isso agora foi possível graças à Silvana, do blog Por detrás das palavras, que muito generosamente me emprestou este livro.

Inverso trata-se de um romance de fantasia destinado ao público jovem-adulto.
Dois mundos tocam-se numa pequena vila costeira do norte do país. Ivana é uma adolescente sonhadora que está apaixonada por Bernardo desde sempre e está prestes a viver esse amor. Porém, tudo muda quando ela se cruza com Gabriel, uma figura de negro envolta em mistério, que traz consigo a magia.
O amor de Gabriel por Ivana vai reacender uma guerra no seio do seu povo, os Hekat, uma sociedade nómada que tem vindo a evoluir à margem do resto do mundo.

Esta história foi uma surpresa inesperada! Eu já sabia, pelas opiniões que tenho lido, que esta autora tem vindo a conquistar os leitores desde que começou a promover os seus livros, e que isso levou a que uma editora tenha decidido apostar nela. Contudo, fiquei ainda mais surpreendida pela forma como esta história me cativou.

A escrita de Liliana é extremamente fluida, muito divertida e cada capítulo nos deixa com vontade de continuar a ler.
Achei a história fascinante e adorei, aos poucos, ir ficando a saber mais acerca do mundo de Gabriel, o qual me pareceu muito bem estruturado e com imensas informações para os leitores.

Este livro está repleto de personagens cativantes, umas mais divertidas, outras mais sombrias, mas todas com o seu papel no decorrer dos acontecimentos. Não é fácil decidir qual foi a minha personagem preferida, mas definitivamente adorei o Gabriel, por tudo o que ele fez pela Ivana, e adorei a Lia, pelo seu excelente sentido de humor e por ser uma pessoa muito racional, procurando explicações para tudo. E, claro, adorei toda a comunidade Hekat e as habilidades que eles possuíam.

Confesso que me emocionei em algumas partes da história e me doeu o coração naqueles momentos mais tristes, onde as reviravoltas pareciam querer tomar o controlo do livro. O final foi inesperado e perfeito e deixou-me com um grande e sonhador sorriso nos lábios.

Podia perfeitamente ter atribuído 5 estrelas a este livro, que bem o merecia, mas depois achei que seria mais sensato guardar a pontuação mais alta para outro livro da autora do qual poderei vir a gostar ainda mais!
Vou, sem qualquer dúvida, continuar a acompanhar esta autora que merece ser lida e ver o seu trabalho valorizado. Recomendo vivamente a leitura de Inverso e espero que desfrutem tanto como eu!

Classificação: 4/5 estrelas

domingo, 16 de novembro de 2014

Postais pelo Mundo - Próximos a enviar

Há mais de dois meses que não envio nenhum postal e já tenho aqui dois para enviar ainda este mês. Aqui estão eles!


As imagens são muito diferentes: um dos postais mostra uma doçaria portuguesa, os famosos pastéis de nata ou pastéis de Belém; o outro postal é uma imagem da cidade de Viseu, nomeadamente do funicular da cidade.

E para onde vão viajar estes postais? Um deles vai para a Alemanha (curiosamente, é o 4º postal que envio para este país) e o outro para os Estados Unidos da América.

Espero que façam uma boa viagem e que em breve seja a minha vez de encontrar um postal na caixa do correio.

sábado, 15 de novembro de 2014

"Dá-me Só Mais Um Pedaço de Luar" de Daniela Guerreiro [Divulgação]

Título: Dá-me Só Mais Um Pedaço de Luar
Autora: Daniela Guerreiro
Edição: 2014
Editor: Chiado Editora
Páginas: 278
ISBN: 9789895110957

Sinopse
"Somos nós que construímos o nosso próprio puzzle, peça por peça, mão por mão, lágrima por lágrima, sorriso por sorriso."

É com estas palavras que precedem a narrativa de uma vida, que poderia ser a minha ou a sua, que Marta Correia, uma mulher de 37 anos, nos dá a conhecer, de forma clarividente, a sua caminhada de alegrias e perdas, de conquistas e desventuras…

Dá-me só mais um pedaço de luar celebra a essência da vida e desperta-nos para a necessidade de nunca desistirmos de lutar: as peças da vida estão dentro de uma caixa cuja tampa não apresenta o desenho da figura final. Somos nós os jogadores que, expostos à aleatoriedade da sorte, procuramos encaixar os pedaços por tentativa-erro. Estamos sujeitos aos caprichos de um destino que nos transcende, mas vamos vencendo as mais diversas batalhas, ao movermos as diferentes peças para a posição que consideramos mais adequada. É por isso mesmo que é tão fácil identificarmo-nos com Marta. Com ela, como na vida real, somos cúmplices de momentos plenos de realizações, mas não deixamos de testemunhar a dor, a desilusão, a doença, a tragédia…Quando ameaçada pela própria vida, Marta apercebe-se que há que viver a vida na sua plenitude, para que, quando encaixarmos a última peça do puzzle, não tenha ficado nada por dizer, nada por sentir, nada por fazer. (Susana Amante)

A autora

Daniela Trindade Guerreiro nasceu a 31 de Dezembro de 1993, na freguesia da Glória, em Aveiro. Fez o secundário na área de Línguas e Humanidades e decidiu enveredar para o mundo do jornalismo. Em 2011 inicia a sua licenciatura em Comunicação Social na Escola Superior de Educação de Viseu, a qual completa no momento.
Integrou no associativismo, pertencendo então à Associação de Estudantes da Escola Politécnica que frequenta.
O seu gosto pela área foi crescendo. Em 2012, participou num workshop de fotojornalismo organizado pela ação “fotojornalista por um dia”. O fanatismo pela televisão levou-a a frequentar, no verão de 2012, uma formação em Apresentação em Televisão no Cenjor, em Lisboa.
Paralelamente deu asas à sua costela pela escrita. Desde os seus 15 anos que escreveu por prazer. Inicialmente em textos soltos e quando a sua amiga criatividade a chamava. Mais tarde, dá origem ao livro “Dá-me só mais um pedaço de luar”, sob a promessa conseguida que o acabaria durante o ano de 2013.

Podem ainda visitar o site oficial da autora.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

"A Segunda Pele da Acácia Mimosa" de Ana Gil Campos [Opinião]

Tomei conhecimento deste livro quando recebi um e-mail da autora a apresentar o seu trabalho, e desde logo me prontifiquei a divulgar o livro no meu blog. Agradeço à autora que, muito gentilmente, me ofereceu um exemplar para eu ler e dar a minha opinião.

A Segunda Pele da Acácia Mimosa conta-nos a história de Sara, uma arquiteta de sucesso que sente um vazio na sua vida, apesar da vida aparentemente perfeita que leva. Assim, decide pedir ajuda à sua alma gémea, em Vieira do Minho, e pretende afastar-se da sua vida sem que ninguém se aperceba disso.
A partir deste momento, ela descobre que está envolvida num esquema de corrupção com uma ministra portuguesa. O seu casamento também se encontra em crise e então ela decide fugir para Barcelona e refugiar-se em casa do seu amigo Barden, onde irá tomar as decisões mais importantes da sua vida.

A minha relação com este livro foi um pouco conturbada e passo já a explicar porquê. Na verdade, não percebi um pormenor da história e isso deixou-me confusa ao longo de toda a leitura. Como a confusão não desaparecia, sempre que progredia na leitura, continuava a questionar-me acerca desse pormenor, o que me impediu de desfrutar desta história.
Quando terminei o livro, tive oportunidade de explicar à autora esta minha confusão, ela esclareceu-me e nesse momento tudo fez muito mais sentido; consegui olhar para a história de outra forma.

Não sei se o problema foi meu ou do livro, mas ele já foi lido por diversos leitores e o feedback que a autora tem recebido tem sido bom. Possivelmente não o li com toda a concentração que ele merecia, fiz algumas pausas e isso fazia-me perder um pouco o fio à meada.

Falando agora de aspetos mais positivos, quero destacar a escrita da autora, muito estruturada e com um certo toque refinado, umas vezes mais descritiva, outras mais reflexiva, mas essencialmente agradável de ler. A personagem Sara passa por diversas dificuldades ao longo do livro, daí que a reflexão seja uma parte importante nesta história.

Não gostei tanto das partes referentes à história da maçonaria, apenas por ser um tema que não me desperta muita atenção; no entanto, achei que foi bem abordado, com pequenas passagens, colocadas em momentos estratégicos para passar alguma informação ao leitor, sem o aborrecer.

Para concluir, pretendo deixar passar algum tempo e voltar a ler o livro, talvez com uma segunda leitura seja capaz de compreender o que me fugiu desta vez.

Não posso deixar de recomendar esta leitura a todos os que estejam curiosos com a história e que queiram conhecer uma nova autora portuguesa. Acho importante darmos atenção ao que é escrito no nosso país e eu vou continuar a acompanhar a autora Ana Gil Campos. Ela já está a trabalhar no seu segundo romance e eu sinto-me bastante curiosa!

Classificação: 2/5 estrelas