quinta-feira, 19 de setembro de 2019

"O Boss" de Vi Keeland [Opinião]


Nas duas últimas semanas de agosto devorei dois policiais e um thriller, pelo que, a certa altura, senti necessidade de um livro mais leve e divertido. Vi a lombada vermelha deste livro a sorrir-me da estante e percebi que chegara o momento ideal para pegar nele.

O início é extremamente divertido e demonstrou ser exatamente aquilo que eu precisava. Na minha estreia com Vi Keeland, deparei-me com um romance tão cativante que o li praticamente em dois dias.

Reese e Chase conhecem-se quando ela está num encontro com um homem para lá de aborrecido. Este é o primeiro passo para uma relação que se iniciará de forma muito divertida. Os vários encontros que se seguem entre ambos são tão hilariantes e repletos de peripécias que é impossível não soltar umas boas gargalhadas.

Também gostei muito da tensão sexual palpável que a autora conseguiu criar, mesmo quando Reese resistia com todas as suas forças. Na verdade, uma das coisas que mais aprecio nestes livros é de me sentir como se eu é que estivesse a ser seduzida.


A segunda metade do livro perde um pouco da ligeireza que encontramos na metade inicial, uma vez que começamos a perceber que Chase também tem algo negro no seu passado, algo doloroso que o fez tornar-se na pessoa que é.
Embora a história seja quase toda contada na perspetiva de Reese, existem alguns capítulos que nos mostram aquilo por que Chase passou.

Muitas vezes, este tipo de livros acaba por nos mostrar homens demasiado perfeitos e irresistíveis. Se, por um lado, como leitora romântica que sou, gosto de me permitir sonhar um pouco com estes personagens, por outro lado também sei que são irreais e que resultam muito melhor se tiverem falhas, medos e fraquezas, em suma, que sejam humanos.

Neste romance, tanto Reese como Chase têm as suas fraquezas, os seus tormentos, que somos capazes de ver assim que os conhecemos melhor. Este foi um dos aspetos que me permitiu sentir-me ligada a estas personagens.

Em suma, O Boss é um romance muito divertido, com uma boa dose de erotismo e algum drama, perfeito para aqueles momentos em que procuramos uma leitura mais rápida e que nos permita relaxar e abstrairmo-nos da realidade. Gostei mesmo muito!

Classificação: 5/5 estrelas

2 comentários:

Obrigada pelo teu comentário e pelo tempo que dedicaste a ler o que escrevi!