terça-feira, 20 de outubro de 2015

"O Colégio de Todos os Segredos" de Gail Godwin [Opinião]

Este livro cativou-me pela sinopse e, dado que me foi emprestado, achei que seria uma boa oportunidade para me familiarizar com uma autora que me era desconhecida. Uma história passada num prestigiado colégio interno pareceu-me minimamente interessante e assim me lancei na leitura.

Infelizmente, após iniciar a leitura, o livro não me cativou como eu esperava e alguns capítulos mostraram ser verdadeiramente aborrecidos. Por diversas vezes, estive tentada a desistir, mas continuei a dar mais uma oportunidade.
Nestes momentos, dou por mim a pensar que o problema é meu, que ando sem paciência para ler e acabo por ler pouco ou quase nada, enquanto espero que a vontade volte. No entanto, basta trocar de livro, escolher um autor de que goste ou pegar numa história mais entusiasmante, para que o prazer da leitura volte.
Isto fez-me compreender que não tenho de me massacrar por não gostar de um livro, é perfeitamente natural detestar uma história, dado que não somos obrigados a gostar de tudo.

Ao fim de duas semanas de insistência, consegui finalmente terminar a leitura. Assim que ultrapassei a primeira metade, ele tornou-se ligeiramente menos enfadonho e quis chegar ao fim para formar uma opinião mais correta.

Não gostei das exageradas divagações da freira que estava a recordar o "ano tóxico" em que deu aulas no colégio; achei o livro muito religioso, algo que pouco ou nada me cativa. Também achei a história muito parada e sem momentos entusiasmantes.
As alunas ou passavam o tempo a fazer birras ou a criar conspirações e, verdadeiramente, só gostei da personagem Madeline, que tinha um papel mais secundário. Gostei da Tildy apenas porque ela sofria de dislexia e a autora conseguiu prender a minha atenção quando descrevia as suas incapacidades.

A história por detrás do "ano tóxico" não me surpreendeu e, de certa forma, fez-me sentir enganada. A designação de "ano tóxico" e o facto da ação decorrer num colégio de freiras deixou-me logo a desejar algo escandaloso e muito mais chocante do que o que aconteceu verdadeiramente. Esta foi mais uma razão que me fez considerar o livro uma desilusão.

Não sei se voltarei a ler mais algum livro desta autora mas, por enquanto, não quero pensar nisso. Preciso é de uns livrinhos mais suculentos para me animar.

Classificação: 1/5 estrelas

2 comentários:

  1. Olá Denise,
    Cada vez que via este livro tinha sempre uma grande curiosidade em o ler. até o tive para comprar. Mas agora que vi a tua opinião já fico de pé atrás.
    Pena não teres gostado.
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isaura, eu não gostei, mas outras pessoas gostaram. Achei-o muito parado e acabei por embirrar um pouco com as freiras xD Não te quero desencorajar de o ler, mas se calhar tens outros mais cativantes para ler primeiro :)
      Beijinhos

      Eliminar