quarta-feira, 9 de novembro de 2016

"9 de novembro" de Colleen Hoover [Opinião]


Antes de mais, renovo os meus agradecimentos à Topseller por tão gentilmente me ter cedido um exemplar deste livro. Fiquei extremamente curiosa assim que li a sinopse.

Pensar em ler Colleen Hoover é, de imediato, um motivo de felicidade. Fiquei tão rendida ao livro Confesso que tudo o que quero é poder conhecer todas as suas histórias.

9 de Novembro é uma história que apresenta uma premissa super interessante. Fallon e Ben conhecem-se no dia em que Fallon parte para Nova Iorque. A química entre ambos é tão grande que decidem, durante cinco anos, encontrar-se sempre no dia 9 de novembro.

Apesar de ter adorado a premissa, tive algumas dúvidas de como poderia um amor tornar-se tão intenso e sobreviver quando os dois protagonistas só se encontravam algumas horas, uma vez por ano. Contudo, a autora construiu duas personagens de características fortes e conseguiu tornar a história bem credível.

O primeiro encontro de ambos é extremamente divertido, o que me deixou imediatamente curiosa por saber como iam ocorrer os encontros seguintes. É também logo nas primeiras páginas que percebemos que Fallon é uma jovem que já sofreu bastante e as suas cicatrizes são a prova disso. Mais tarde, vamos perceber que Ben também tem as suas cicatrizes, embora estas não sejam visíveis.

Esta é uma história bem carregada de drama e com um segredo devastador que poderá separar os dois jovens apaixonados.
Adorei a forma como a autora pegou num dia aleatório do ano, em que algo de trágico aconteceu a ambos, e transformou esse dia em algo positivo, onde pudessem criar novas memórias agradáveis.

Outro ponto positivo foi a autora oferecer-nos o ponto de vista de ambas as personagens, não só ao longo do livro, como também no final, onde a história do Ben é recontada, dando-nos outra perspetiva da imagem que tínhamos formado desta personagem.

Em conclusão, só posso recomendar esta leitura completamente apaixonante! Preparem-se para ler uma história dramática, comovente e de leitura compulsiva. Espero que gostem tanto como eu!

Classificação: 5/5 estrelas

Nota: Este livro foi-me cedido pela editora em troca de uma opinião honesta.

7 comentários:

  1. Olá,
    Esta está a ser uma das minhas leituras em andamento atualmente.
    Para mim Colleen Hoover é uma autora que sei tem sempre muito para nos dar com aquelas histórias sempre com os ingredientes certos como só ela sabe. :) Estou a ver que 9 de Novembro não desilude mesmo, assim como a autora já nos tem vindo a habituar.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :)
      Colleen Hoover foi uma das autores que mais me cativou este ano. O livro não desilude; espero que gostes!
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Já reparaste na data em que publicaste a opinião? Foi coincidência?
    Terminei a leitura e ainda não sei muito bem como lidar com os sentimentos que este livro provocou em mim. Gostei imenso do livro! Concordo contigo em relação à química deles ser tão intensa, sendo que apenas se encontram uma vez por ano, sem se falarem. Foi a única coisa que me deixou reticente. Apesar dela ter construído tudo de forma credível, sinto que é algo estranho.
    Com estas leituras, como é que uma pessoa não há-de ficar com vontade de devorar tudo da autora?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu terminei o livro em outubro, mas depois atrasei-me a escrever a opinião e, quando olhei para a data, tinha encontrado o dia ideal para a publicar. :)

      Sim, é estranho pensar como é que uma relação se torna tão intensa quando apenas se encontram uma vez por ano e não têm qualquer tipo de contacto nos restantes dias. Mas a autora torna tudo tão especial e faz-nos acreditar que uma relação assim é possível. :)

      Eu quero ler tudo o que a autora tem publicado!!

      Beijinhos

      Eliminar
    2. É mesmo, a autora consegue isso.

      Eu também quero ler tudo dela. Acho que encontrei uma autora "rival" à minha preferida até agora, Lesley Pearse. :)
      Beijinhos

      Eliminar
    3. Eu tenho mais um que já sabes que te empresto. Os restantes já publicados hei de adquirir também, um de cada vez. :)

      Beijinhos

      Eliminar