domingo, 13 de agosto de 2017

"Isto Acaba Aqui" de Colleen Hoover [Opinião]


É sempre uma emoção quando é publicado um novo livro da Colleen Hoover.
Isto Acaba Aqui foi apresentado como o livro mais ambicioso da autora e que retrata o tema sensível da violência doméstica. Quando foi publicado em Portugal, o livro andava na boca dos leitores e eu não consegui sentir-me indiferente a esta curiosidade.

Tinha expectativas altas em relação a este livro, tal como tenho tido com romances anteriores da autora, desde que a conheci e me tornei fã.

A história começa de forma normal, dando-nos a conhecer Lily, uma jovem que, aos 23 anos, se mudou para Boston, pronta para começar uma vida e ter a sua independência.
Este é um aspeto comum em todos os livros que já li da autora: a personagem principal muda-se sempre para uma nova cidade, para começar uma vida nova ou fugir a algum acontecimento do passado.
É no terraço de um edifício que conhece Ryle, um neurocirurgião, bonito, inteligente, perfeito. Quase bom demais para ser real. Lily está convencida de que não o voltará a ver depois dessa noite e retoma a sua vida. Contudo, meses mais tarde, as suas vidas voltam a cruzar-se.

A autora dá-nos a conhecer personagens muito carismáticas. Gostei imenso do casal secundário - Allysa e Marshall. São divertidos e a Allysa é um doce de pessoa e tornou-se uma verdadeira amiga para Lily.
Quanto ao casal principal, achei Lily uma personagem com traços fortes, independente, lutadora e corajosa. Adorei ver o seu empenho em concretizar o seu sonho de abrir um negócio próprio, e como foi ousada em cada passo. A sua força revela-se também na forma como enfrentou as adversidades da vida, nomeadamente quando começou a ser maltratada fisicamente. Lily sofreu muito, mas também recebeu muito apoio por parte dos amigos e da mãe.
Por sua vez, Ryle não me cativou da forma como esperava, talvez por este livro só apresentar o ponto de vista de Lily, o que fez com que me sentisse mais ligada à personagem feminina, a todos os seus medos, dúvidas e emoções.
Por fim, o Atlas foi uma das personagens mais incríveis que já encontrei nas minhas viagens literárias. Apaixonei-me por ele quase desde o primeiro instante e enterneceu-me ver a dedicação e amor que ele tinha a Lily.

Embora as personagens sejam jovens adultos, este livro é bastante mais adulto que outros romances da autora. O tema da violência doméstica é retratado de uma forma credível e forte, mostrando-nos a devastação que pode provocar na vida das pessoas. Mais uma vez, a autora escreve com muita emoção, o que também se deve ao facto de este ser um livro mais pessoal, com aspetos baseados na vida dos pais da autora.

É um romance poderoso e extremamente inspirador, com uma narrativa intensa, que nos faz pensar em nós - nas consequências das nossas ações, no que somos capazes de suportar - e nos outros - nomeadamente na forma como tão facilmente julgamos a vida das outras pessoas estando a ver as situações de fora. Uma história incrível, que deveria ser lida por homens e mulheres. Absolutamente recomendado!

Classificação: 5/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário