domingo, 12 de julho de 2015

"Nunca me Esqueças" de Lesley Pearse [Opinião]

Este já é o segundo livro da Lesley Pearse que leio este ano, desde que me estreei com a autora.
Apesar da capa, do título e da frase "até onde iria por amor?" sugerirem que se trata de uma história romântica, a verdade é que o livro está muito longe disso.

Este livro baseia-se na história verídica de Mary Broad que, após roubar um chapéu, foi condenada à forca. A única alternativa possível para evitar este terrível destino foi a deportação para a Austrália, para fazer parte de uma colónia de condenados.

Tal como já me tinha apercebido no primeiro livro que li - A Melodia do Amor - a autora escreve de forma muito cativante e, por mais dramática que a história seja, há sempre acontecimentos novos e a história não fica parada: surgem reviravoltas a qualquer momento.

Mary impressionou-me pela sua coragem extraordinária, pela sua personalidade decidida e por tudo o que estava disposta a fazer para sobreviver. Graças à sua força, ela conseguiu lutar por uma vida melhor, qualquer que fosse o local onde estivesse: nos vários barcos onde viajou, na colónia de deportados, na prisão... 

Penso que a sinopse está um bocadinho enganadora, pelo menos quando refere que Mary encontra o grande amor da sua vida. Não concordo que Will tenha sido o grande amor de Mary; o casamento deles aconteceu por conveniência e muitas das atitudes de Will para com Mary não podem, na minha opinião, ser chamadas de amor.
Para mim, a única relação de amor que surge neste livro é aquela que Mary tem pelos filhos e foi por eles que Mary sempre lutou com todas as suas forças para ultrapassar as adversidades.

Como conclusão, esta é uma história cativante, um pouco dura e cruel e ainda mais impressionante por ser verídica. Contudo, ainda não foi desta que um livro da autora me encheu as medidas, mas mantém-se a minha curiosidade em continuar a ler os seus romances.

Classificação: 4/5 estrelas

12 comentários:

  1. Foi o primeiro livro que li da escritora.. Acho que o capitão do barco (o lorinho que engraçava com ela) era mais amor da vida dela do que o Will.. tenho imensa pena de não saber o que terá acontecido..
    Talvez tenha ficado com aquele rapaz que aparece no final

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, também gostava imenso de saber como continuou a vida dela depois do final do livro. Aquele rapaz no final pareceu simpatizar com ela :)

      Eliminar
  2. Também sou tão viciadinha em livros!

    ResponderEliminar
  3. Este foi o primeiro livro que li da autora e gostei bastante, aliás dos três livros que li da Lesley é o meu preferido. Mas sim, a capa e sinopse são enganadoras.

    O Prazer das Coisas | Facebook | Youtube

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu estou agora a começar a descobrir a autora, depois de tanto me terem aconselhado os livros dela. Quais foram os outros que leste?
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Li o "nunca digas adeus" e "procuro-te", gostei mas são mais contemporâneos e em comparação acabei por gostar mais do "nunca me esqueças". Tenho ainda em casa por ler "a melodia do amor" e tenho ouvido falar muito bem do "segue o coração não olhes para trás".
      Beijinhos

      Eliminar
    3. Desses só li "a melodia do amor" e até gostei bastante; achei que tinha muitas mais reviravolta que o "nunca me esqueças". Espero que gostes!
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Olá
    Este foi o primeiro livro que li da autora, a escrita é mesmo cativante e a história é incrível, ainda mais por ser verídica. Adorei mesmo. Acho que os livros dela são muito bons,
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Concordo, a autora escreve de forma mesmo cativante e esta história impressiona exatamente por ser verídica.
      Boas leituras!

      Eliminar
  5. Uma questão... se eu quisesse ler um livro desta autora (que nunca li) para o colocar nas minhas Crónicas de uma Leitora Compulsiva, qual era o livro que me aconselhavas ler?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá C.
      Bem, eu ainda só li dois livros da autora, não conheço os restantes para poder formular uma opinião melhor mas aconselhava-te precisamente o "Nunca me esqueças". Foi o livro que mais pessoas me aconselharam a ler em primeiro, portanto penso que deve ser o que reúne mais consenso entre os leitores.
      Também já me falaram muito bem do "Segue o coração, não olhes para trás" portanto talvez possas começar por estes dois. Espero que gostes :)

      Eliminar