quinta-feira, 6 de agosto de 2015

"Vermelho como o Sangue" de Salla Simukka [Opinião]

Os policiais nórdicos estão muito na moda atualmente, porém confesso que ainda sou pouco conhecedora dos livros do género. Além da trilogia Millennium, de Stieg Larsson, esta foi a segunda autora que tive oportunidade de conhecer.

Vermelho como o Sangue inicia uma trilogia intitulada Branca de Neve. Achei muito interessante este toque de conto de fadas num policial e estou curiosa por ver como a história vai evoluir nos volumes seguintes.

Este romance é dirigido a jovens adultos, embora seja suficientemente cativante para um público mais velho.

O primeiro capítulo apresenta-nos um cenário que tem tanto de gelado como de sangrento. Uma poça de sangue a alastrar-se na neve branca; o contraste do vermelho no branco dá um certo tom de cor ao livro. Nestes pormenores acho-o muito visual, dado que é fácil imaginar os cenários onde impera o branco, visualizar onde as personagens se movem.

Os capítulos são pequenos e bem estruturados, conjugando a ação e o suspense de forma a prender o leitor à medida que vira as páginas. Também a escrita da autora é interessante; apercebi-me de alguns aspetos peculiares, embora seja possível que isto se deva à tradução para português.

Lumikki foi a personagem que mais me surpreendeu devido à sua maturidade. É uma jovem de 17 anos bastante mais crescida que a maioria dos adolescentes da sua idade. Vive sozinha na cidade onde está a estudar e adora a liberdade que isso lhe proporciona. Impôs algumas regras a si própria, sendo que uma delas é não se meter naquilo que não lhe diz respeito. E é precisamente esta regra que vai ser posta à prova quando encontra uma grande quantia de notas de quinhentos euros a secar no laboratório fotográfico da escola. Essa descoberta vai envolvê-la, juntamente com mais três colegas, numa perigosa e sombria conspiração.

Em conclusão, gostei imenso de contactar com esta história e quero ler os volumes seguintes, dado que desejo conhecer melhor o passado de Lumikki, que ainda não foi completamente desvendado.
Recomendo este policial aos fãs de literatura nórdica; aqui encontraráo uma história com descrições cruas, suspense, ação, perigo, tudo isto rodeado por um cenário gélido que, apesar de tudo, também consegue transmitir alguma beleza. Espero que desfrutem da leitura!

Classificação: 3/5 estrelas

2 comentários:

  1. gostei mesmo muito da tua review... vou adicionar à minha to-read list e acho que devias incluir The Lunar Chronicles à tua... depois de ler a tua review acho que ias adorar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente que tenhas gostado :)
      Ah sim, já ando de olho nessa série The Lunar Chronicles, acho que fazem mesmo o meu género :) Obrigada pela sugestão!

      Eliminar