domingo, 7 de abril de 2019

"Desaparecidas" de Tess Gerritsen [Opinião]


Tess Gerritsen é uma daquelas autoras cujos livros eu seria capaz de ler uns atrás dos outros sem me cansar.
Tem sido excelente acompanhar esta série e fiquei com pena de não ter relido os três primeiros volumes, uma vez que os livros são realmente bons.

Em Duplo Crime, o quarto volume da série, a história centrou-se sobretudo na doutora Maura Isles. Neste livro temos o regresso da detetive Jane Rizzoli.

Tudo começa na morgue quando um cadáver abre os olhos, provocando um susto terrível a Maura. Mas se pensam que isto já é suficientemente assustador, enganam-se. Pouco depois de levarem essa mulher desconhecida para o hospital, ela mata um segurança e faz alguns reféns. Um deles é Jane, prestes a entrar em trabalho de parto.

Este sequestro foi uma das partes que mais me causou aflição neste livro. Isto prolongou-se por mais de 200 páginas e cheguei mesmo a sentir-me agoniada e claustrofóbica enquanto, no exterior, a polícia e os negociadores decidiam a melhor forma de agir.

Para piorar tudo, seria extremamente perigoso para Jane se os sequestradores descobrissem que um dos reféns é uma agente policial.
Antes de tudo terminar, a mulher desconhecida diz a Jane três únicas palavras: «A Mila sabe».

Quem é Mila? Qual é o segredo que esconde?
Mesmo depois de dar à luz, Jane não descansa enquanto não resolve este mistério.


A autora abordou muito bem as dificuldades que as mães sentem após o parto, o cansaço, as poucas horas de sono, o sentimento de não ser capaz de perceber o seu bebé. Jane é uma mulher que não nasceu para estar em casa a cuidar dos filhos e o que mais deseja é poder voltar ao trabalho, voltar a perseguir criminosos. Contudo, por outro lado, não deixa de se sentir culpada por querer "fugir" da filha.

Acompanhamos também os novos medos de Gabriel, marido de Jane, que subitamente passa a não gostar tanto do trabalho da mulher.

Este livro tornou-se o meu preferido da série, o que não é difícil de acontecer visto que eles têm sido todos excelentes.
É uma leitura extremamente arrepiante e que se lê de um único fôlego.
Estou radiante por saber que tenho os três volumes seguintes ali na minha estante e estou desejosa de me atirar a eles.

Se ainda não leram Tess Gerritsen, não percam mais tempo. Experimentem! É uma autora que vale muito a pena!

Classificação: 5/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pelo teu comentário e pelo tempo que dedicaste a ler o que escrevi!