segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

"O Dom da Dislexia" de Ronald D. Davis [Opinião]

"A leitura é considerada por muitos pesquisadores como a função mais complexa que exigimos dos nossos cérebros."

Este livro deixou-me curiosa quando o vi na biblioteca na secção das novidades, principalmente pela etiqueta redonda na capa indicando que é "o livro sobre dislexia mais lido em todo o mundo".

A minha área de formação é a Psicologia da Educação, portanto a dislexia e outras dificuldades de aprendizagem são temas de interesse para mim.
Embora o que eu necessite mais neste momento seja de prática e experiência na minha área, continuo a procurar ler e estudar acerca destes temas, para assim atualizar os meus conhecimentos.

Este livro aborda a dislexia de uma forma inovadora e bem diferente daquela a que eu estava acostumada nas disciplinas do meu curso.

O autor, Ronald Davis, baseou-se na sua própria experiência como disléxico para criar um método de correção da dislexia que tem sido aplicado com muito sucesso em vários países. Ele concebe a dislexia como um dom, e não como um problema, isto é, a função mental que causa a dislexia é um talento natural do indivíduo. O autor refere que todos os disléxicos compartilham alguns talentos básicos, tais como: serem mais curiosos que a média, pensarem principalmente em imagens e não em palavras, serem altamente intuitivos, pensarem e perceberem de forma multidimensional, entre outros. Assim, se estas características forem aproveitadas pelo processo educacional, os sujeitos disléxicos apresentarão uma inteligência acima do normal e uma extraordinária criatividade.

De acordo com a abordagem apresentada neste livro, a dislexia é causada pela desorientação, que origina distorções percetivas. Desta forma, se se fornecer ao disléxico um método para controlar essas desorientações, ele será capaz de ler corretamente visto que perceciona as palavras no papel sem qualquer distorção.

A minha breve explicação pode parecer um pouco confusa, mas o livro explica tudo isto muito bem. Após uma parte inicial bastante teórica, o autor dá-nos a conhecer o método e os procedimentos que aplica com os indivíduos disléxicos. Achei muito interessante e gostava de um dia ter oportunidade de aplicar estes métodos na prática e assim poder verificar se realmente são eficazes.

Quanto a esta leitura, recomendo-a principalmente a profissionais de psicologia que trabalhem com crianças e/ou adultos disléxicos. Mesmo que não desejem introduzir esta abordagem nas suas intervenções, considero muito útil ler e conhecer uma nova visão daquilo que é a dislexia.

Classificação: 3/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário