sexta-feira, 4 de setembro de 2015

"A Estranha Viagem do Senhor Daldry" de Marc Levy [Opinião]

Esta foi a minha estreia com Marc Levy, um autor do qual já tinha ouvido falar bastante bem e, devido a esta razão, peguei no livro com boas expectativas.

Quando li a sinopse com mais atenção, a minha curiosidade aumentou. A ideia do livro é interessante: Alice leva uma vida tranquila como criadora de perfumes, até que, durante um passeio a uma feira em Brighton, uma vidente prediz que ela terá de partir numa longa viagem, onde deverá encontrar as seis pessoas que a conduzirão ao seu destino.

Confesso que me custou um pouco a adaptar à escrita do autor que, embora tenha bastante humor nos diálogos entre as personagens, apresenta também algumas partes mais maçudas. Durante mais de meio livro, achei a leitura chata e com pouquíssima ação. Só nos últimos capítulos é que o meu interesse aumentou vivamente e acabei por ser surpreendida com os acontecimentos finais.

A narrativa decorre no ano de 1950, primeiramente em Londres e, mais tarde, em Istambul. Este foi um dos aspetos que mais me agradou: a oportunidade de visitar dois locais tão diferentes.
Outro aspeto de que gostei foi a grande ênfase dada ao sentido olfativo, visto que Alice é uma criadora de perfumes e, portanto, os cheiros desempenham um papel importante no seu dia-a-dia e até nas suas recordações.

Apesar deste livro e respetivas personagens não me terem cativado totalmente, posso dizer que a história apresenta um certo mistério e o final é bastante emotivo, bem como o passado de Alice. Irei procurar outros livros do autor e espero que surja algum que consiga conquistar-me.

Classificação: 3/5 estrelas

6 comentários:

  1. Já li outros livros deste autor e também senti sempre essa falta de ação :(
    http://ocantinhodoslivrosangie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A falta de ação não é problema desde que a história me mantenha cativada :)
      Há algum livro do autor que me recomendes, visto que já leste vários?
      Boas leituras

      Eliminar
  2. Gosto muito de Marc Levy, devias ler o ladrão de sombras ;P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou anotar a sugestão, obrigada :)
      Boas leituras!

      Eliminar
  3. Agora que terminei o livro vim aqui ler a tua opinião.
    Penso que o teu grande problema com o livro foi o não te sentires cativada para a história juntando o facto de o autor ter uma escrita muito particular. Eu gostei logo desde o início. Gostei das personagens, da forma como ele descreve os lugares... E, como já te disse, não estranhei nada o tipo de escrita, mas acho que foi por já ter lido outros livros do autor.
    Só continuo é achar que ele tem um certo problema com os finais.
    De facto nem todos podemos gostar dos meus livros, mas tenho pena que este livro não te tenha cativado o suficiente para acalentares um carinho maior por ele. Porém, espero que em próximos contactos com o autor as coisas corram melhor. Os primeiros que li e me fascinaram foram: "O primeiro dia" e "A primeira noite". Sei que já tinha partilhado contigo, mas foi só para reforçar a ideia e motivar-te a pegar noutras obras. :) Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, custou-me a adaptar à escrita do autor e isso pode ter-me retirado um pouco o prazer da leitura.
      Claro que vou ler outros livros do autor! Apesar desta história não me ter cativado totalmente, foi uma experiência positiva e achei os acontecimentos finais muito comoventes!
      Obrigada pelas sugestões que partilhaste comigo e fico muito contente por te ter emprestado mais um livro que adoraste :)
      Beijinhos

      Eliminar