terça-feira, 11 de outubro de 2016

"O Crente" de Joakim Zander [Divulgação]

Título: O Crente
Autor: Joakim Zander
Edição: 2016
Editora: Suma de Letras
Páginas: 496
PVP: 19,90€

Já disponível nas livrarias.

TRAIÇÃO, VINGANÇA, REDENÇÃO
Para salvar o seu irmão, ela terá de enfrentar o seu passado.

Sinopse:

Yasmine Ajam trocou o seu passado num problemático bairro de Estocolmo por uma carreira ascendente em Nova Iorque. Até que recebe a notícia de que os motins que agitam os subúrbios da sua cidade natal podem estar relacionados com o desaparecimento do seu irmão Fadi, que foi dado como morto ao lutar ao lado do Estado Islâmico na Síria.

Em Londres, Klara Walldéen trabalha na elaboração de um relatório para a União Europeia. Mas, depois do roubo do seu computador e da morte suspeita de um dos seus colegas, Klara começa a perceber que pode estar na mira de uma trama internacional muito perigosa.

Os caminhos de Yasmine e Klara cruzam-se num sufocante mês de Agosto em Estocolmo, ao mesmo tempo que a imagem aterradora de uma sociedade sem consciência emerge, uma sociedade onde os poderosos estão dispostos a caminhar sobre cadáveres para atingirem os seus objetivos.

«Depois de Stieg Larsson, Hening Mankell e Jens Lapidus, surge uma fantástica nova voz no thriller nórdico: Joakim Zander.» - Metro

«Um thriller com rara ambição e amplitude.» - Daily Mail

«Muito atual e emocionante» - Literary Review

«Zander é um novo talento na crescente corrente do crime nórdico» - Booklist

Sobre o autor:

JOAKIM ZANDER nasceu em 1975 em Estocolmo, Suécia. Vive em Lund com a família. Trabalhou em Helsínquia e Bruxelas para instituições da União Europeia. Viveu anteriormente nos Estados Unidos e no Médio Oriente.

Zander obteve sucesso internacional com o seu primeiro romance, O NADADOR, que foi publicado em 30 países.
É reconhecido por misturar de forma magistral uma linguagem poética, suspense e a perspectiva de alguém que conhece muito bem os bastidores dos jogos políticos.

O CRENTE, o seu segundo romance, foi nomeado para o prémio de melhor thriller sueco do ano.

Sem comentários:

Enviar um comentário