sexta-feira, 2 de março de 2018

"Procuro-te" de Lesley Pearse [Opinião]


Procuro-te é já o quinto livro que leio de Lesley Pearse, uma autora que me tem cativado a cada novo romance.

Neste livro, conhecemos Daisy, uma jovem de vinte e cinco anos que sempre soube que foi adotada. Sempre se sentiu amada pelos pais e pelos irmãos. Quando a mãe morre, o luto vai dar origem a rivalidades domésticas. Devastada pela dor, Daisy parte em busca das suas raízes e do seu passado.

Os primeiros dois capítulos do livro centram-no no presente, na vida de Daisy. Seguidamente, a autora transporta-nos para o passado e, durante uma grande parte do livro, vamos conhecer Ellen, a mãe biológica de Daisy, e a sua irmã Josie.

Senti-me totalmente cativada pela vida destas duas jovens, tão diferentes entre si. A princípio, não entendi porque é que a autora estava a pormenorizar tanto a vida de Josie, quando Ellen era a pessoa que mais nos interessava, dado ser a mãe de Daisy. Contudo, as duas irmãs eram muito chegadas e as vidas de ambas encontravam-se interligadas. No final, fez todo o sentido e confesso que até me arrependi de ter duvidado do que a autora estava a fazer.


Curiosamente, gostei imenso de ler sobre Josie, cuja vida se mostrou bastante trágica. Aprecio bastante este tipo de temáticas e a autora soube mostrar na perfeição a evolução da vida decadente de Josie.

Este livro não tem grande ação mas a escrita é tão cativante que é muito difícil o leitor não se sentir agarrado a estas páginas. A minha curiosidade em descobrir o que tinha acontecido à família de Daisy era imensa. Não demorei muito a aperceber-me de qual seria o mistério, tendo em conta que já estou habituada às surpresas da autora e às suas histórias carregadas de drama.

No geral, foi uma leitura interessante e envolvente, da qual facilmente me lembrarei. Não tenho dúvidas de que quero continuar a ler romances desta autora.

Classificação: 4/5 estrelas

3 comentários:

  1. Parece de ser um bom livro!!

    Beijinhos
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Já li este livro há imenso tempo e lembro-me muito mal da história. Simplesmente não me ficou. Mas como é um livro que quero trazer para a estante, irei lê-lo logo de seguida :).
    Gosto de ver que a autora de consegue cativar tanto como a mim.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É normal que, com o passar do tempo, nos esqueçamos de muitos pormenores e mesmo das histórias em si.
      Eu gostei bastante, apesar de ser calminho. E foste tu que me deste a conhecer esta autora, de tanto que falavas dela!

      Beijinhos

      Eliminar