sábado, 8 de junho de 2013

"Lotaria" de Patricia Wood [Opinião]

"As pessoas preocupam-se muito com o futuro. A avó também me dizia o mesmo, mas eu acho que o futuro vem de qualquer maneira, quer a gente se preocupe ou não. Se não vier, então estamos mortos e já não precisamos de nos preocupar." (p.100)

Este foi um daqueles livros que adicionei à minha lista de livros para ler por ele existir na biblioteca que frequento. Há uns dias decidi requisitá-lo e ainda bem que o fiz!

Lotaria é o romance de estreia de Patricia Wood e conta-nos a história de Perry L. Crandall, um homem com o seu QI de 76, um ponto acima daquilo que seria considerado limitação cognitiva. A avó sempre o convenceu que ele não era atrasado, era apenas um pouco lento, e ensinou-lhe o essencial para ele lidar com essa sua desvantagem.
Quando, aos 31 anos, perde a avó e ganha a lotaria, os seus familiares, que até ao momento nunca se interessaram por ele, começam a aparecer atraídos pela sua súbita riqueza. Mas Perry aprendeu bem as lições da avó e era capaz de distinguir as verdadeiras motivações dos outros.

Antes de mais, devo dizer que este livro transparece ternura em cada uma das suas palavras. Está muito bem escrito e proporciona uma leitura encantadora, apaixonante, extremamente fluida, mas com grande capacidade para nos fazer refletir.

Perry é uma personagem fantástica e que adorei conhecer, bem como Keith, pela amizade verdadeira que ele tinha com Perry! Achei maravilhosa a forma como a autora nos apresenta Perry e a sua visão do mundo que, apesar de parecer simples e até um pouco ingénua, creio que nos revela inúmeros ensinamentos. A citação que transcrevi mais acima demonstra isso muito bem, que na maior parte das vezes temos tendência a complicar a forma como olhamos para a vida e para os problemas, o que nos torna pessoas constantemente preocupadas. Mas, se adotássemos uma visão mais simplista da vida e acreditássemos no lado bom de todas as situações, certamente teríamos muito a ganhar.

Este livro fala do poder do amor, da amizade genuína, do sofrimento, das motivações humanas, de generosidade, de inteligência emocional e de esperança. É um livro para ler e reler. É um livro para guardar num cantinho especial da nossa estante mas principalmente para guardar com carinho no nosso coração.
Recomendo absolutamente a sua leitura e tenho a certeza de que me vou lembrar destas personagens durante muito tempo. Foi um dos melhores livros que li este ano!

Classificação: 5/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário