sábado, 6 de fevereiro de 2016

"Morte na Aldeia" de Caroline Graham [Opinião]


Este livro foi-me oferecido no ano passado e escolhi-o como primeiro policial a ler em 2016.

Tem uma capa muito apelativa com um carimbo onde se pode ler "Crime à hora do chá" e um comentário do The Sunday Times referindo que Caroline Graham é "A melhor escritora de policiais desde Agatha Christie". Na contracapa, existe ainda a indicação de que este policial faz parte da lista da Crime Writers' Association, que elegeu os 100 melhores policiais de sempre.

Todas estas me pareceram boas razões para me dedicar à leitura deste livro. Achei também interessante o facto do livro ter sido publicado originalmente em 1987, ou seja, tem quase trinta anos.

O livro apresenta-nos uma atmosfera de certa forma divertida, mas que rapidamente ganha alguns contornos mais macabros. Tudo começa com a morte de uma senhora idosa, o que deixa a sua amiga inconformada e desconfiada de que não tenha sido uma morte natural. Assim, acaba por convencer o inspetor-chefe Barbany a investigar mais a fundo. Esta investigação irá revelar o lado mais sombrio da aldeia inglesa onde tudo acontece.

A autora descreveu muito bem o cenário da típica aldeia, as suas rotinas, os seus modos antiquados e as cusquices dos aldeões. Toda a investigação se baseia em interrogatórios aos aldeões e a análises muito intuitivas da parte do inspetor-chefe. Desta forma, neste policial não encontramos os habituais procedimentos policiais, como autópsias e análises forenses.

Há uma grande variedade de personagens, todas elas com os seus segredos e cujas vidas são relatadas nos primeiros capítulos. Confesso que tantas personagens me causaram alguma confusão e cheguei ao fim do romance ainda a trocar alguns nomes, embora tenha compreendido na perfeição toda a história.

O final revelou-se bastante chocante e surpreendeu-me tendo em conta a altura em que o livro foi escrito. Se um final assim causa alguma surpresa, imaginem há trinta anos atrás!

Posso concluir afirmando que aqui está um policial com cheirinho inglês que certamente cativará os apreciadores do género. Temos várias personagens, várias histórias, um plano que teria tudo para dar certo, um detetive muito intuitivo, imenso suspense e revelações surpreendentes. Recomendo verdadeiramente a sua leitura!

Classificação: 4/5 estrelas

2 comentários:

  1. Muito interessante...por ora tenho ali uma pilha em espera...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espero que tenhas feito leituras interessantes :)

      Eliminar