quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

"A Nona Vida de Louis Drax" de Liz Jensen [Opinião]


A sinopse deste livro é extremamente interessante e foi a única coisa que li antes de iniciar a sua leitura. Não tinha expectativas, mas também não sabia muito bem o que esperar deste livro.

Louis Drax é um menino de 9 anos, muito dado a acidentes. Sofreu pelo menos um acidente ou doença em cada ano da sua curta vida, mas sobrevive sempre como o gato que cai sobre as quatro patas.
Por altura do seu nono aniversário, durante um piquenique familiar, Louis cai de uma falésia e afoga-se num rio, ficando num estado de coma profundo de onde poderá não regressar.

Este romance é contado a duas vozes: a do Louis, através do seu subconsciente, e a de Pascal Dannachet, o neurologista que cuida do menino.

Inicialmente o livro não estava a conseguir cativar-me, até o achei aborrecido em algumas partes mas, após alguma insistência, entrei finalmente na história e só queria saber o que aconteceu verdadeiramente ao Louis.

Tal como referi, não sabia o que esperar deste livro e ele acabou por mostrar-se algo bem diferente do que eu tinha imaginado. A certa altura, tornou-se bastante empolgante com o desenrolar de uma investigação policial e com novas pistas a surgir.

O final foi bastante perturbador e cruel, embora tenha deixado também uma pontinha de esperança. Apesar dos meus sentimentos contraditórios, acabei por gostar bastante e gostaria de ter oportunidade de conhecer outras obras da autora.

Classificação: 3/5 estrelas

4 comentários:

  1. Ando a ganhar coragem para começar o último do Carlos Ruiz Záfon...sou uma fã incondicional dele, mas ando tão sonolente!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca li nenhum livro desse autor, o que é uma grande falha minha. Oiço opiniões tão boas! Tenho de tratar disso :)
      Beijinhos e boas leituras!

      Eliminar
  2. Olá!
    Não conhecia este livro! Fiquei curiosa!
    Beijinhos e boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isaura,
      Fico contente por te ter despertado a curiosidade.
      Boas leituras!
      Beijinhos.

      Eliminar