quinta-feira, 27 de abril de 2017

"Raptada na Noite" de Patricia MacDonald [Opinião]


Raptada na Noite é já o sexto romance de Patricia MacDonald que tenho oportunidade de ler.

A narrativa inicia-se durante umas divertidas férias em família. Tudo estava a correr bem até Tess, de 9 anos, presenciar o rapto brutal da sua irmã Phoebe, de 13 anos. Dias depois o corpo da adolescente é encontrado, apresentando marcas de violação. Lazarus Abott é identificado como o autor do crime, sendo condenado à morte e executado.

O segundo capítulo avança vinte anos no tempo. Surgem novas provas que sugerem que Lazarus não foi o assassino. Será que Tess foi a responsável pela execução de um inocente?

O regresso de Tess à cidade onde tudo aconteceu reabre as feridas que a sua família tentou sarar durante todos estes anos.
A autora é muito boa a retratar a dinâmica familiar, a dor das recordações e da perda e a tensão constante a que todos estão sujeitos com a reabertura deste caso.

Surgem novas situações de perigo, agora que Tess decide também investigar por si própria.

A leitura é bastante dinâmica, não há descrições exageradas e a ação decorre a bom ritmo. Não foi um dos meus preferidos da autora (possivelmente começo a ficar mais exigente com os thrillers), mas não deixa de ser uma leitura que entretém e nos espicaça a vontade de desvendar o caso.

Classificação: 3/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário