domingo, 14 de outubro de 2012

"Darling Jim: O Lado Negro da Sedução" de Christian Mørk [Opinião]

Terminei hoje a leitura deste livro que me acompanhou durante alguns dias e me proporcionou momentos surpreendentes. Não tinha ouvido falar muito dele e só o quis ler por a sinopse referir que se tratava de um thriller psicológico com suspense romântico, mistério policial, terror, lendas de cariz popular e contos de fadas e sobrenaturais. Uma grande mistura de géneros que me fez pensar: "o que irá sair daqui?".

Gostei da escrita do autor logo desde as primeiras páginas, enquanto ele conjugava descrições com suspense e pistas da história que se seguiria.

A história começa quando um carteiro descobre os cadáveres de duas irmãs e da tia de ambas, brutalmente assassinadas. As mortes são um grande mistério para o qual a polícia parece não encontrar respostas. Quando, mais tarde, um jovem carteiro, Niall, descobre por acaso o diário de uma das irmãs, decide investigar por conta própria e começa a descobrir uma história trágica e diabólica.
É através deste diário e do outro, que Niall irá descobrir mais tarde, que as irmãs contam a história de como conheceram Jim, um sedutor e irresistível contador de histórias, que vira do avesso as vidas delas e de toda a gente da pacata cidade onde tudo começou.

Este livro não tem nada de feliz, mas sim de trágico. Os crimes são brutais, há alguns momentos que arrepiam, o suspense é enervante porque precisamos de parar de ler e o próprio livro parece ter vontade própria, seduz-nos e obriga-nos a ler mais. Foi muito interessante ler quase toda a história a partir dos diários das irmãs e gostei, principalmente, da lenda dos dois irmãos.

Quando terminei a leitura, ainda me sentia tão absorvida que nem sabia bem o que pensar. Não é um daqueles livros em que chegamos eufóricos ao final, por isso até foi difícil decidir-me quanto à pontuação a dar-lhe. Acabei por atribuir 5 estrelas, não porque o livro tenha sido a maior obra-prima que já li, mas porque tem algo de diferente que me intrigou desde o início.

A mistura dos vários géneros foi, na minha opinião, bem conseguida e estou desejosa de poder ler mais livros deste autor, até aqui desconhecido, mas que se revelou uma grande surpresa para mim.

Classificação: 5/5 estrelas

2 comentários:

  1. Ainda bem que gostaste tanto. Concordo em alguns pontos contigo, noutros não. No final, o livro acabou por não me deslumbrar tanto, mas é bom quando nos sentimos da maneira como descreves ao acabar um livro. :D

    ResponderEliminar
  2. Filipa M., sim, é bom sentirmo-nos assim, este deixou-me mesmo a pensar quanto à pontuação que lhe deveria dar!

    ResponderEliminar