terça-feira, 6 de agosto de 2013

"O Protector" de Madeline Hunter [Opinião]

Este foi o oitavo romance que li de Madeline Hunter e faz parte da série "Medieval", à qual também pertencem os livros "Casamento de Conveniência" e "Mil Noites de Paixão".

A história passa-se em 1348, numa altura de guerras e de terras devastadas pela peste negra. É nestas circunstâncias que os protagonistas, Morvan e Anna de Leon, se conhecem. A história do livro é interessante, com as suas lutas e os perigos, mas o que mais chama a atenção são as personagens e a forma como estão construídas.
Gostei muito de Anna e a da sua personalidade rebelde e destemida, assumindo as tarefas masculinas de proteção do seu povo. A sua interação com Morvan é que fez com que este se tornasse demasiado machista e super protetor, impedindo Anna de fazer as atividades que a tornavam no que ela é. Desta forma, quando se casaram, Anna teve um período em que era submissa, embora mantendo alguma rebeldia.
Fiquei contente pela forma com a história acabou por se resolver pois, na minha opinião, uma personagem como Anna não deveria mudar para agradar ao marido.

Em relação à escrita da autora, não há muito mais a acrescentar ao que já fui escrevendo em opiniões de livros anteriores, dado que se mantém nos mesmos moldes. É uma autora que escreve de forma cativante e descontraída, portanto gosto de ir lendo estes romances intercalados com outras leituras.

Classificação: 4/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário