segunda-feira, 3 de setembro de 2012

"Casada com um Desconhecido" de Patricia MacDonald [Opinião]

Esta autora chamou a minha atenção quando li uma opinião de um dos seus livros. Assim que chegou a oportunidade, não hesitei em trazer comigo este livro da biblioteca.

Emma Hollis é uma psicóloga que trabalha num centro de crise para adolescentes. Além de amar o seu trabalho, está também apaixonada por David Webster, um jornalista sedutor que conheceu há pouco tempo.
Após engravidar, Emma e David casam rapidamente e vão passar um fim de semana numa cabana rústica nos montes isolados de New Jersey. E é aqui que começam os problemas.
Enquanto David vai cortar lenha para a lareira, um atacante mascarado, empunhando um machado, aproxima-se de Emma, com o objetivo de a matar.

Tudo isto acontece rapidamente nos primeiros capítulos. Após este brutal ataque, Emma é levada para o hospital e David é considerado o principal suspeito. Ela recusa-se a acreditar que o seu marido a quisesse morta, mas a verdade é que não o conhece assim tão bem. E nós também não, pelo que começamos a desconfiar dele.

Enquanto Emma se sente apavorada em ficar sozinha, ela e a polícia vão descobrindo pormenores intrigantes que não abonam nada a favor de David, como segredos e mentiras.
Entretanto, surge outro possível suspeito relacionado com o trabalho de Emma, o que se torna também bastante interessante.

Este livro oferece muito suspense e alguns momentos assustadores. Criei bastante empatia com Emma, devido ao facto de ser psicóloga e eu também estar nessa área. Por várias vezes, senti o medo dela, quando ficava sozinha em casa e se aterrorizava só de ouvir uma porta bater. E, nesses momentos, dava comigo agarrada ao livro, na ânsia de descobrir mais.

Passei praticamente todo o livro a desconfiar do marido dela. Não sabia nada acerca dele, as mentiras iam surgindo e o homem parecia-me um grande sonso. Mas seria ou não ele o atacante de Emma?

Gostei muito da escrita de Patricia MacDonald, intrigante e que proporciona uma leitura compulsiva. O final é surpreendente e estava totalmente longe das minhas teorias. O meu jeito para detetive é praticamente nulo mas nunca na vida eu teria desvendado este caso.

Só acho que no fim ficaram por explicar alguns pormenores; eu deduzi que eles tivessem acontecido de determinada forma mas, como não foram explicados, ainda estou na dúvida.

Esta é uma leitura que recomendo aos amantes de policiais e vou certamente procurar mais livros da autora!

Classificação: 4/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário