terça-feira, 18 de março de 2014

"O Intruso" de Carina Rosa [Opinião]

Este é o primeiro romance de Carina Rosa, uma jovem autora portuguesa que, mais recentemente, já publicou As Gotas de um Beijo, pela Alfarroba.

Este pequeno livro fez-me companhia durante dois dias e lê-se mesmo num instante. Nele conhecemos Sara, uma mulher atormentada por uma tragédia que aconteceu no seu passado e que, mesmo decorridos alguns anos, ainda deseja ser capaz de esquecer essas recordações.
Quando se encontra com Martim, sente que o seu rosto lhe é familiar, como se o conhecesse de um passado longínquo. Martim vai provocar-lhe uma avalanche de sentimentos que poderão mudar a sua vida, porém também poderão avivar o passado que se encontra à espera para a assombrar.

Esta história, embora curta, surpreendeu-me pela forma como está contada. Apresenta momentos de suspense logo desde os primeiros capítulos, o que é ótimo para manter o leitor agarrado.

As personagens estão bem construídas; gostei imenso do Martim, da sua personalidade cativante, sedutora e da sua dedicação a Sara. E adorei o Mike; que animal mais amoroso! De facto, os animais e as suas interações com os donos oferecem muita ternura às histórias. Por sua vez, Rodrigo é a personagem mais sombria do livro e que paira em torno de Sara, por vezes quase conseguindo levá-la à loucura.

Relativamente à escrita da autora, gostava de apontar dois aspetos: as frases muito curtas que perturbam um pouco a leitura (pessoalmente, quando leio, costumo respeitar a pontuação, fazendo as pausas que os sinais exigem e as frases curtas acabam por tornar a leitura menos fluida). Creio que não será um aspeto difícil de melhorar dado que, ao longo de todo o texto, nota-se que a autora tem talento, escreve bem, e certamente irá melhorar e amadurecer a sua escrita.
O segundo aspeto que gostaria de mencionar diz respeito às analepses. Estes capítulos dedicados ao passado das personagens deveriam ser assinalados, de alguma forma, para não provocar confusão ao leitor.

Como conclusão, devo dizer que gosto imenso de triângulos amorosos e adoro o tema do amor obsessivo. Escrito num clima sombrio com um ligeiro toque de sobrenatural, onde o factor surpresa está sempre presente, este livro brinda-nos com o nascer de uma história de amor que terá de enfrentar as tragédias do passado.

É uma leitura que recomendo a quem desejar conhecer uma nova autora portuguesa, bem como a quem, mesmo já a conhecendo, tiver curiosidade em ler a sua primeira obra!

Classificação: 3/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário