sexta-feira, 22 de agosto de 2014

"Conspiração Mortal" de J. D. Robb [Opinião]

Após ler os 4 primeiros volumes desta série da qual já sou fã, acabei por quebrar a ordem e dedicar-me ao volume 8, visto que o livro não era meu e não queria demorá-lo em casa por muito tempo.

O meu receio de encontrar spoilers de livros anteriores não se concretizou, ou melhor, só encontrei pequenos apontamentos, e que me pareceram inofensivos, dos livros que ainda não li.
Por outro lado, este volume deixou uma pista para um acontecimento que poderá surgir em breve e que me deixou com uma certa curiosidade.

Em relação ao caso policial do presente livro, tudo começa quando um sem-abrigo é encontrado assassinado nas ruas de Nova Iorque, tendo-lhe sido removido o coração com uma precisão cirúrgica. A Tenente Eve Dallas fica encarregue da investigação e rapidamente descobre crimes semelhantes em várias cidades e todos eles misteriosamente arquivados. Desta forma, ela percebe que enfrenta um assassino cruel e suficientemente poderoso para ocultar o seu rasto de crime.

Pela primeira vez, o trabalho de Eve é posto em causa quando o seu nome é associado à morte de um colega polícia. Nunca tinha visto Eve tão transtornada e quebrou-me o coração assistir ao seu sofrimento.

Além do apoio dos seus amigos, recebeu também um forte apoio de Roarke, que tem melhorado de livro para livro e me pareceu especialmente fascinante neste volume.

O caso policial não foi dos que mais me agradou mas apreciei todo o perigo que ele envolveu e os ataques pessoais aos investigadores, colocando-nos perante uma conspiração que envolvia até membros da política.

Vou, sem dúvida, continuar a acompanhar esta série que reúne alguns dos meus ingredientes preferidos: romance, investigação policial e ambiente futurista.

Classificação: 4/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário