quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Balanço de leituras e Top 10 - 2015

O ano chegou ao fim e chegou o momento de fazer o balanço das minhas leituras e de vos apresentar o meu top 10, como tem sido habitual todos os anos. Foi um ano marcado por altos e baixos, portanto tive momentos em que senti mais vontade de ler e outros em que a vontade era ligeiramente menor.
No início do ano, propus-me a ler 20 livros, mas acabei por subir esse valor para 50, e consegui ultrapassar essa meta, como podem ver no resultado do meu desafio de leitura do Goodreads!

Desta forma, em 2015 consegui ler 47 livros e 9 contos, um valor inferior ao do ano passado. Destes, cerca de 57% foram lidos no 1º semestre do ano.
Os meses em que mais li foram janeiro e maio, enquanto o mês em que menos li foi outubro.
O livro mais longo que li tinha 599 páginas e o mais curto (excetuando os contos) tinha 78 páginas.

No total, contei 14850 páginas lidas, valor bem mais curto em relação ao ano passado, tendo em conta que li menos livros e mais contos.

Este ano demorei, em média, 7 dias a ler cada livro.
A média de pontuação (1 a 5) atribuída aos livros no Goodreads foi de 3.3, valor que também baixou em comparação com o ano passado. Foram poucos os livros a que atribuí 5 estrelas.

No que diz respeito a géneros literários, houve uma grande predominância na leitura de romances contemporâneos, embora também se destaquem os thrillers, o romance histórico e a banda desenhada. No geral, as leituras até foram diversificadas, o que me deixa sempre contente.

Conheci 25 novos autores e, mais uma vez, li predominantemente livros de autores do sexo feminino. Li ainda 14 autores portugueses, valor ligeiramente superior ao do ano passado e que mostra que continuo empenhada em apostar na literatura nacional.

Relativamente à proveniência dos livros, 18 foram-me emprestados através do Clube Blogring, do qual faço parte; 13 foram lidos em e-book; 13 foram-me emprestados por amigos;  e os restantes foram oferecidos, trocados no Winkingbooks, comprados ou provenientes da Biblioteca.

De seguida, apresento o meu habitual Top 10 de melhores leituras, sem ordem de preferência.


TOP 10 - 2015


Por fim, resta-me desejar um excelente 2016 a todos vós, esperando que este seja generoso nas conquistas pessoais e profissionais e que não vos falte saúde, amor e muitos livros em todos os dias do ano que se aproxima!

8 comentários:

  1. Bom ano e boas leituras! Um dos livros mais divertidos que li este ano foi o Orfeu de Bicicleta – Um Pai no Século XXI, do brasileiro Francisco Bosco, de que falam aqui: http://observador.pt/especiais/livros-aprender-um-pai-porreiro/

    ResponderEliminar
  2. Bem, parabéns pela aposta nos livros nacionais. Também gostava de ser assim :)
    Um bom ano de 2016 para ti repleto de boa leituras. Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou muito contente por conseguir, de ano para ano, dar mais atenção aos escritores portugueses. Tenta ler nem que seja um livro ou um conto por mês :)
      Obrigada e desejo-te também um ótimo ano.
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Tiveste mais 6 que eu :o isso é que é pujança :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 9 das minhas leituras foram contos, portanto acabei por ter menos livros :P

      Eliminar
  4. Desses só li Lesley, por isso já vi que tenho (espero tanto!) um mondo de novos autores, histórias, vidas por descobrir! :D
    Obrigada pelas dicas e bom ano ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foram os melhores do ano, portanto penso que tens aqui bons autores para descobrir :)
      Beijinhos e bom ano!

      Eliminar