sábado, 28 de junho de 2014

"Senhor Monstro" de Dan Wells [Opinião]

Antes de mais, aconselho a que leiam primeiro Não sou um Serial Killer; estes livros pertencem a uma série e, embora o segundo volume faça sentido se for lido individualmente, também refere muitos acontecimentos do livro anterior que podem ser menos agradáveis para quem ainda não o leu.

Após os acontecimentos de Não sou um Serial Killer, a cidade de Clayton passa por um período tranquilo, sem mortes. O nosso já conhecido John Wayne Cleaver é que não anda tão tranquilo quanto isso: desde que provou o sabor da morte, a parte mais escura da sua personalidade, o seu demónio interior a que ele chama «Senhor Monstro», ameaça descontrolar-se e as consequências podem ser imprevisíveis.
Contudo, o desaparecimento do demónio que John matou atrai outro monstro a Clayton e as suas vítimas começam a aparecer em vários locais, levando John, mais uma vez, a tentar resolver o mistério.

Percebe-se que John está mais crescido, mais maduro e que continua a esforçar-se ao máximo para respeitar as suas regras de não fazer mal a ninguém.

O demónio assassino deste livro é ainda melhor do que o do livro anterior, pela sua capacidade de absorver as emoções das pessoas que o rodeiam, o que o torna mais perigoso mas também muito inconstante.

Dan Wells continua a presentear-nos com uma escrita apelativa e cativante, onde impera o humor negro. Este livro tanto nos faz dar boas gargalhadas como nos prende às suas páginas de olhos bem abertos e completamente viciados na leitura.

Recomendo vivamente esta leitura aos apreciadores de thrillers e suspense e mal posso esperar pelo momento de ler o terceiro e último volume da série, até porque o final deste livro deixou-me a implorar por mais!

Classificação: 4/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário